Cotidiano

Prefeitura irá conceder ‘Feirona’ à iniciativa privada por até 40 anos

Principal objetivo é a ampliação do ponto turístico

Midiamax Publicado em 21/12/2017, às 17h20

None

Principal objetivo é a ampliação do ponto turístico

A Câmara Municipal de Campo Grande autorizou a prefeitura a outorgar à iniciativa privada, por 20 anos, a concessão do direito de uso da Feira Central, a famosa ‘Feirona’, no bairro Cabreúva. O projeto foi aprovado na última sessão do ano, nesta quinta-feira (21).

De acordo com o texto do projeto, o prazo de concessão poderá ser prorrogado por mais 20 anos e o principal objetivo é a ampliação do espaço. 

Em usa justificativa, o prefeito Marquinhos Trad afirma o objetivo é tornar a Feirona mais atrativa, modernizando e ampliando a estrutura existente, “sem deixar de lado a cultura local”. 

“Para a total concretização destes objetivos almejados pela Administração Municipal, se faz necessário e imprescindível a promoção de parceria com a atividade privada”, argumenta. 

A Feirona é um dos pontos turísticos mais visitados da Capital. Influenciada pela cultura e culinária dos japoneses, povo que emigrou em massa para a cidade no começo do século XX, a feira tem como destaques os tradicionais sobá, yakisoba, pastel, e espetinho com a mandioca amarela da terra. 

Jornal Midiamax