Serão contemplados administrativos da Educação

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) sancionou a Lei Complementar que estabelece jornada de seis horas diárias, totalizando 30 horas semanais aos servidores administrativos da Semed (Secretaria Municipal de Educação) em exercício nas unidades escolares e Ceinfs (Centros de Educação Infantil) de Campo Grande.

A Lei Complementar n° 190, de 22 de dezembro de 2011 – que dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos do município da Capital e dá outras providências – entrou em vigor nessa quarta-feira (17) e foi publicada nesta quinta-feira (18) no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande).Prefeito sanciona Lei que muda jornada de servidores para 30 horas

De acordo com o texto da proposta, a jornada de 30 horas semanais “não se aplica aos servidores ocupantes de cargo em comissão ou designados para desempenhar função de confiança”. A estimativa é de que aproximadamente dois mil servidores sejam enquadrados na nova jornada. 

Câmara de Vereadores –

A Lei Complementar sancionada ontem, foi aprovada por unanimidade no último dia 11, na Câmara Municipal.  Na ocasião, trabalhadores lotaram a Casa de Leis e acompanharam a votação, que contou com o voto de 28 parlamentares, com exceção apenas do vereador Eduardo Romero (Rede), que estava em viagem.