Cotidiano

Prefeito considera número de queixas irrisório e totens seguem na 14 de Julho

Decoração natalina causou polêmica

Jessica Benitez Publicado em 16/12/2017, às 14h54

None

Decoração natalina causou polêmica

Os polêmicos ‘totens natalinos’ colocados na Rua 14 de Julho, no Centro de Campo Grande, não fez o prefeito Marquinhos Trad (PSD) mudar de ideia. Os itens, que ocupam 16 vagas ao longo da via começando na Afonso Pena e terminando na Mato Grosso, vão permanecer por lá.Prefeito considera número de queixas irrisório e totens seguem na 14 de Julho

Para o chefe do Executivo, o número de reclamações é irrisório perante a importância dos enfeites, que, segundo ele, foram produzidos na Capital e, portanto, geraram emprego e renda. “O gesto fala mais que o enfeite”, disse.

“Tem pessoas reclamando? Tem. Mas a maioria apoia. Não são 16 vagas por quadra, são duas, então não é algo impactante”, disse durante agenda pública na manhã deste sábado (16) no bairro Vespasiano Martins. Ele destacou o esforço da ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), responsável pela colocação dos totens.

Nas redes sociais, alguns têm reclamado da aparência e dos lugares ocupados pelos enfeites que têm mais de dois metros e à noite ficam acesos. Os 16 foram colocados na 14 de Julho na última quarta-feira (13) e faz parte de parceria entre a ACICG e a Prefeitura.

Jornal Midiamax