Cotidiano

Porteiros são detidos por impedir entrada de ambulância na Santa Casa

Bombeiros tiveram que pular portão para que vítima fosse atendida

Midiamax Publicado em 06/08/2017, às 09h15

None

Bombeiros tiveram que pular portão para que vítima fosse atendida

Dois porteiros da Santa Casa de Campo Grande foram detidos, no sábado (5), por impedir entrada de viatura do Corpo de Bombeiros com vítima politraumatizada no Pronto Socorro.

Mesmo com regulação médica do município, conforme boletim de ocorrência, os profissionais se negaram a abrir o portão da unidade hospitalar. Foram 20 minutos de negociação. Porteiros são detidos por impedir entrada de ambulância na Santa Casa

Em choque hipovolêmico, jovem de 31 anos aguardava atendimento para fraturas na tíbia, fíbula e região do fêmur, além de amputação de dedo do pé direito e trauma no tórax.

Outras viaturas chegaram a entrar e sair durante o período de espera, sendo alegado aos militares que se confirmava a senha de regulação da vítima. 

Com agravamento do quadro de saúde do jovem, os militares pularam o portão e deram voz de prisão aos dois porteiros por omissão de socorro. Outra viatura dos Bombeiros deu suporte durante a ação.

Para a delegada plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, Priscilla Anuda Quarti, os funcionários da Santa Casa alegaram que cumpriam ordens da direção do hospital. O jovem ferido, por sua vez, teria quadro clínico estável.

Jornal Midiamax