Cotidiano

Plantão 24 horas para atender famílias em situações de vulnerabilidade entra em discussão

Assunto foi debatido na Câmara de Vereadores.

Midiamax Publicado em 05/05/2017, às 13h49

None
cras_central.jpg

Assunto foi debatido na Câmara de Vereadores.

  A abertura do Centro de Referencia de Assistência Social (CRAS) 24 horas por dia foi discutida na última sessão da Câmara de Dourados.

Depois de receber reclamações de várias famílias pobres que necessitam o apoio da Assistência Social durante o período noturno e, principalmente, nos finais de semanas e feriados, o vereador Alberto Alves dos Santos (PR) resolveu lutar por esta causa.

A diarista Maria Carmen de Oliveira Prado encontrou dificuldades fazer o funeral de sua mãe durante um feriado prolongado. Como não tinha dinheiro para pagar as despesas procurou o CRAS e não foi atendida porque não havia expediente.

O vereador, durante a sessão da Câmara, falou a respeito do assunto e encaminhou requerimento a Secretaria de Assistência Social para que seja implantado um sistema de plantão 24 horas no CRAS central localizado na esquina das ruas João Rosa Góes com a Joaquim Teixeira Alves, no prédio da antiga Prefeitura.

Conforme o parlamentar existem muitas famílias necessitam de atendimentos fora do horário de expediente, principalmente nos feriados prolongados. As famílias geralmente precisam de apoio da Assistência Social para auxilio funeral, recebimento de alimentos entre outras situações de vulnerabilidade.

Um documento foi encaminhado para a secretária de Assistência Social Ledi Ferla, pedindo a abertura do plantão 24 horas no CRAS Central.

Jornal Midiamax