Cotidiano

Para evitar atropelamentos de animais, Agetran instala placas de trânsito

Locais com maior número de atropelamentos serão sinalizados

Raiane Carneiro Publicado em 26/09/2017, às 20h28

None

Locais com maior número de atropelamentos serão sinalizados

A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) está instalando placas de advertências nos locais onde aparecem capivaras e quatis com maior frequência, na Capital. A ação é uma resposta a um ofício encaminhado pelo MPE (Ministério Público do Estado) para conscientizar os condutores e evitar atropelamentos de animais. A informação foi divulgada no site do MPE nesta terça-feira (26).

O pedido foi feito por intermédio da Procuradora de Justiça e coordenadora do Caoma (Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça do Meio Ambiente), Marigô Regina Bittar Bezerra. Em uma reunião ordinária, realizada no dia 4 de agosto, que teve a participação de representantes da Semadur (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), Parque das Nações Indígenas, PMA (Polícia Militar Ambiental) e Agetran, ela explicou que enviou os ofícios, pedindo a instalação das placas informativas e educativas.Para evitar atropelamentos de animais, Agetran instala placas de trânsito

Além destas sinalizações, foram solicitados redutores de velocidade nos locais com maior número de atropelamentos, como acontece nos parques lineares, Parque Sóter, Parque das Nações Indígenas e Lago do Amor.

Na ocasião, o Diretor-Presidente da Agetran, Janine de Lima Bruno, informou que tomaria medidas sobre a sinalização e os redutores de velocidade além da educação ambiental desenvolvido pelo órgão.

Projeto Quapivara

O projeto foi criado pelo MPE e tem o objetivo de reforçar a missão ecológica, promovendo sustentabilidade e combatendo a falta de urbanidade e respeito no trânsito. A Agetran é parceira do Ministério na iniciativa.

O nome do projeto foi escolhido por remeter aos quatis e capivaras que são animais silvestres que convivem com a população da Capital, em regiões de trânsito, e com risco de serem atropelados.

Jornal Midiamax