Cotidiano

Oficiais da Polícia Militar vão à Justiça exigir reajuste salarial

TJ vai mediar negociação salarial

Midiamax Publicado em 07/06/2017, às 21h42

None

TJ vai mediar negociação salarial

Após assembleia da categoria nesta quarta-feira (7), os oficiais militares, ligados à AOFMS (Associação dos Oficiais Militares de Mato Grosso do Sul), decidiram que as tratativas de negociação salarial junto ao governo do Estado serão mediadas pela Justiça. Na quinta-feira (8), a entidade tem reunião marcada com o presidente do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), Divoncir Schreiner Maran, às 10h.

“Em tese, parece que abre algumas janelas, o governo não deu nenhuma resposta”, comentou o presidente da AOFMS, coronel Alírio Villasanti Romero. Os militares reivindicam o reajuste com reposição inflacionária, além de reestruturação da carreira, ‘do soldado ao coronel’.

Nesta quarta, policiais civis montaram acampamento em frente à sede da Governadoria, onde prometem ficar até que o governo abra a mesa do diálogo. O Coronel afirmou que os oficiais ainda avaliam se irão participar da mobilização. “Estamos avaliando essa possiblidade, o pessoal que estiver de folga”, comentou

Oficiais da Polícia Militar vão à Justiça exigir reajuste salarial

Mediação judicial – A condução das negociações salariais dos servidores por meio do TJ-MS tem ocorrido com diversas categorias. Após assembleia na tarde de terça-feira (6) os policiais militares ligados à ABSS/MS (Associação Beneficente dos Subtenentes, Sargentos e Oficiais oriundos do quadro de Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do MS), decidiram pelo mesmo caminho.

Jornal Midiamax