Cotidiano

Marquinhos diz que já tapou cerca de 15 mil buracos e ‘evita’ fissuras no asfalto

O prefeito vistoriou um dos trabalhos nesta manhã

Midiamax Publicado em 18/01/2017, às 14h43

None
marquinhos_tapa_buraco.jpeg

O prefeito vistoriou um dos trabalhos nesta manhã

O prefeito Marquinhos Trad (PSD), disse nesta manhã de quarta-feira (18), juntamente com o secretário da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação) Rudi Fiorese, que até o momento já foi tapado cerca de 15 mil buracos. Na ocasião, Marquinhos ressaltou que não está mais consertando as fissuras que se tornam buracos para evitar as reclamações.

O chefe do executivo municipal de Campo Grande explicou que uma medida para evitar um buraco novo em breve foi vista com maus olhos por algumas pessoas e agora estamos evitando essa alternativa.

“Em muitos locais que tem vários buracos, tem entre eles diversas fissuras vistas com facilidade e que vão se tornar outras crateras em breve. Até então estávamos já quebrando tudo e arrumando de uma vez só, mas como ocorreram diversas reclamações de estarmos quebrando buraco onde não teria necessidade, agora paramos de fazer isso e mantivemos somente a questão de abrir o buraco três vezes a mais do seu tamanho original para evitar nova abertura”, afirmou o prefeito.

A reportagem do Jornal Midiamax registrou reclamações sobre esta questão de abrir buraco onde não teria, conforme reportagem no último dia 13. Clique aqui para acessar a noticia.

Marquinhos ressaltou a importância do trabalho em poucos dias de gestão e criticou seu antecessor. “Já conseguimos chegar a aproximadamente 15 mil buracos tapados em menos de 20 dias de administração e isso é de extrema importância para a população. Não tem como tapar a cratera somente em cima do mesmo, como era feito pelo Bernal [ex-prefeito Alcides Bernal]. A nossa ideia é recapear mas isso leva pelo menos 6 meses para licitação e todo processo e a cidade não pode esperar tudo isso com todos esses buracos”.

Sobre valores a serem pagos às empresas que realizam o serviço de tapa-buraco, o prefeito disse que nada foi pago até o momento e que só será feito no final do mês após relatório do que foi de fato executado e as assinatura da população atestando o serviço.

O prefeito esteve nesta manhã de quarta vistoriando os trabalhos de tapa buraco na rua Dona Levinda Ferreira com a Rua Sete de Setembro, até a Avenida Fernado Correa da Costa.

Fotos: Cleber Gellio/Midiamax

Jornal Midiamax