Cotidiano

Greve geral do dia 30 de junho deve durar 48h, dizem organizadores

Paralisação deve acontecer em todos os estados

Tatiana Marin Publicado em 07/06/2017, às 18h03

None

Paralisação deve acontecer em todos os estados

A greve geral programada para dia 30 de junho deve durar no mínimo 48 horas, segundo as lideranças das centrais sindicais de Mato Grosso do Sul. A paralisação será simultânea com os demais estados da federação. Assim como a greve geral que aconteceu em maio, a manifestação é um protesto às reformas previdenciária e trabalhista, que continuam em tramitação no Congresso Nacional.

Os líderes sindicais, que fazem parte do Comitê Estadual Contra as Reformas, se reuniram nesta segunda-feira (5) para traçar estratégias do movimento do dia 30 de junho. Para Elvio Vargas, um dos líderes do comitê, as reformas dificultação a vida dos trabalhadores. “São eles que pagarão essa conta”, enfatiza.

Greve geral do dia 30 de junho deve durar 48h, dizem organizadores

Fórum – Neste sábado (10) o Sindjufe/MS e o Comitê Estadual Contra as Reformas realizam em Campo Grande o Fórum Estadual Contra as Reformas Previdenciária e Trabalhista, a partir das 14h na Câmara Municipal.

Entre os palestrantes estão o procurador do Ministério Público do Trabalho, Paulo Douglas Almeida de Moraes e Guilherme Pfeifer Portanova. O senador Paulo Pain (PT/RS) fará uma participação online no evento.

Jornal Midiamax

☰ Últimas Notícias