Cotidiano

Família oferece recompensa por parente que sumiu depois de fugir de UPA

Última pista foi no Jardim Centenário

Midiamax Publicado em 25/01/2017, às 14h29

None
desaparecido_2.jpg

Última pista foi no Jardim Centenário

Familiares de Sebastião Aparecido Marques, de 47 anos, oferecem recompensa a quem encontrá-lo. Ele desapareceu depois de fugir da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Santa Mônica na última sexta-feira (20). Segundo relatos, Tião, como é chamado, é surdo e mudo, não conhece Libras (Língua Brasileira de Sinais) e se comunica apenas por mímicas.

Ana Beatriz Marques, de 37 anos, sobrinha de Sebastião, diz que o tio tem medo de agulhas e por isso teria fugido da UPA. "Ele caiu na rua e bateu a cabeça. Fou socorrido e levado para a UPA. Lá ele teve de tomar soro. Acho que ficou com medo de ter de furar a veia mais uma vez e por isso fugiu", declara 

Segundo Ana Beatriz, o tio mora no Bairro Nova Campo Grande e não está acostumado a ir para lugares longe da região. A suspeita é de que ele esteja perdido sem saber como se comunicar para voltar para casa. 

"Como ele se comunica apenas por mímicas só quem é da família entende o que ele quer. Acho que ele se perdeu e não está sabendo explicar onde mora para que o ajudem a voltar para casa", diz.

Ainda de acordo com as informações, a última notícia sobre Marques é de que ele foi visto nessa terça-feira (24) no Jardim Centanário. Os familiares estiveram no local, mas não conseguiram encontrá-lo.

De acordo com os relatos, Marques mantinha um bom relacionamento com a família e não tinha nenhum vício. Um boletim e ocorrência foi registrado e a família pede para que informações sobre onde Marques está sejam informadas para as Polícias Civil e Militar, ou por meio dos telefones: (67) 99213-6470 e 99903-2727.

WhatsApp: fale com os jornalistas 

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax, no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Foto - divulgação de familiares

Jornal Midiamax