Cotidiano

Exames confirmam meningite em bebê que teve leite aplicado acidentalmente

Técnica responsável pelo erro foi afastada 

Clayton Neves Publicado em 22/11/2017, às 19h43

None

Técnica responsável pelo erro foi afastada 

Exames médicos confirmaram diagnóstico de meningite no bebê de dois meses que teve leite aplicado acidentalmente no lugar de de medicamentos. A aplicação errada foi feita no último dia 8 por técnica de enfermagem da Santa Casa de Campo Grande, afastada após o episódio.

Anteriormente o hospital já havia informado quadro de infecção provocado pelo procedimento errado, agora, bateria de exames comprovou que o quadro trata-se de meningite. O bebê segue internado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e faz tratamento a base de antibióticos. Não há previsão de alta.

Thays Violin, advogada da mãe do recém-nascido, afirma que no dia 16 o bebê passou mal e precisou passar por procedimento médico que retirou 12 ml de leite do coração. Já a Santa Casa, afirma que na verdade, foram retirados 12 ml de soro do pericárdio, membrana que envolve o coração. Segundo o hospital, o vazamento de soro se deu em decorrência da pequena espessura das veias do menino.

A advogada da família lembra que o recém-nascido, prematuro de 27 semanas, estava internado no hospital há 63 dias, já no berçário. Em decorrência do erro, que aconteceu na noite do último dia 8, o pequeno teve de voltar para a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).Exames confirmam meningite em bebê que teve leite aplicado acidentalmente

“Ele chegou com 770 gramas e já estava com 1,400 kg, muito perto de receber alta, mas teve de voltar pra UTI por conta do que aconteceu”, explica.

Violim disse que acompanha sindicância instaurada pela Santa Casa e já solicitou ao hospital documentos que comprovem a formação da profissional responsável pelo acidente e o quadro de horários da técnica, para saber se havia sobrecarga de plantões. Ação de reparação de danos também será protocolada na Justiça contra a Santa Casa.

Jornal Midiamax