Cotidiano

Em tempos de crise, Loterias da Caixa arrecadaram R$ 7,6 bilhões no 1º semestre

 Quantia é R$ 1,4 bilhão maior que arrecadação de 2016 

Midiamax Publicado em 02/08/2017, às 17h12

None

 Quantia é R$ 1,4 bilhão maior que arrecadação de 2016 

De janeiro a julho de 2017, a arrecadação das Loterias CAIXA totalizou R$ 7,641 bilhões, enquanto o mesmo período do ano passado somou R$ 6,2 bilhões, ou seja, um crescimento nominal de 9,6% em relação. De acordo com a Caixa Econômica Federal, foram ofertados nesse período mais de R$ 2,5 bilhões em prêmios, consideradas todas as modalidades lotéricas. 

Desse valor, R$ 3,6 bilhões foram repassados a programas sociais nas áreas de saúde, educação, esportes, segurança, cultura e seguridade, conforme definição legal, já incluídos R$ 698 milhões de imposto de renda sobre os prêmios. Somente no mês de julho, o volume de vendas foi de R$ 1,3 bilhão, resultado 33% superior ao contabilizado no mesmo mês em 2016.

A vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da CAIXA, Deusdina dos Reis Pereira, destacou que mais uma vez a Mega-Sena foi o carro-chefe das Loterias. “Até julho a Mega-Sena, sozinha, arrecadou R$ 2,9 bilhões, quase 40% de todas as vendas. O bom desempenho da modalidade contou também com a oferta de grandes prêmios nesse último mês, atingindo o super prêmio de R$ 107 milhões no concurso 1.953, pago a um ganhador do Rio de Janeiro. O resultado também pode ser creditado ao sucesso dos concursos especiais, que atendem a um leque ainda maior de clientes”, comentou a vice-presidente.

Jornal Midiamax