Cotidiano

Délia divulga balanço dos 100 primeiros dias de governo

Prefeita de Dourados aponta avanços no município

Midiamax Publicado em 10/04/2017, às 11h59

None
delia_e_secretariado.jpg

Prefeita de Dourados aponta avanços no município

A prefeita Délia Razuk (PR) divulgou nesta segunda-feira (10) um balanço dos 100 primeiros dias de governo na Prefeitura de Dourados, distante 228 quilômetros de Campo Grande. Mesmo diante da alegada crise econômica enfrentada pelos municípios com perdas de recursos financeiros, a gestora pontua avanços em setores vitais, como saúde e educação, sem ter deixado de lado os cuidados com o cotidiano da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul.

Em material divulgado pela assessoria de comunicação social da prefeitura, é destacado que hoje a gestão Délia completa “cem dias de trabalho, mesmo diante da crise econômica que atinge diretamente municípios, estados e o próprio país, reduzindo a disponibilização de recursos”.

Délia Razuk reafirmou que sua administração tem como foco principal a pessoa. “Estamos trabalhando e vamos trabalhar muito ainda para garantir uma vida melhor às famílias, com ações que vão ao encontro das reais necessidades de cada um. Esse é o nosso compromisso”, garantiu.

SERVIÇOS URBANOS

“Neste período, várias ações foram executadas, desde serviços de limpeza de ruas, revitalização de praças e parques e retirada de entulhos de áreas públicas, incluindo o extermínio de pequenos lixões que se formaram em terrenos baldios e margens de vias”, detalha.

A administração municipal pontua ainda que estão em andamento o tapa-buracos no perímetro central da cidade e as estradas vicinais segue em recuperação com nivelamento, cascalhamento, levantamento do leito, limpeza das caixas de contenção.

TAPA-BURACOS

Um dos principais desafios nessa área, o tapa-buracos exigiu uma dispensa de licitação no valor de R$ 773.437,27, em contrato assinado no dia 7 de março para que a Enerpav G.S. Ltda assumisse a execução de obras de recuperação e conservação de vias urbanas (tapa-buraco ou recomposição do pavimento, remendo profundo e recapeamento asfáltico), em diversas ruas e avenidas da cidade e dos distritos do município.

Além disso, em outro processo licitatório a prefeitura estima gastar R$ 3.023.588,30 para recuperar a castigada malha viária da cidade. O município calcula que devem ser gastos R$ 1.603.602,00 com tapa-buracos (que inclui demolição de pavimentação asfáltica, exclusive transporte, pintura de ligação com RR-2C, aplicação de CBUQ, entre outros itens), mais R$ 660.596,46 com remendo profundo (escavação mecânica de material inservível, base inclusive compactação, entre outros tópicos), além de outros R$ 759.389,84 no recapeamento asfáltico (limpeza e varreção de Pista, Levantamento ou Rebaixamento de tampão de PV, Aplicação de CBUQ, também entre outros serviços).

EDUCAÇÃO

Um dos setores vitais da administração pública, a educação teve avanços nos primeiros 100 dias de governo, segundo Délia. A prefeita cita a ativação de dois novos centros infantis e a convocação de professores aprovados em concurso público. A administração municipal menciona a convocação de aproximadamente 700 servidores que obtiveram aprovação na concorrência realizada em 2016.

“O Centro Popular Jorge Antonio Salomão, o Jorjão, ampliou o atendimento à população com cursos nas áreas de esporte, cultura e lazer. Ali as pessoas têm acesso, gratuitamente, a hidroginástica, natação, inclusive para autistas, dança do ventre para mulheres com câncer, ginástica, entre outras”, destaca a prefeitura.

SAÚDE

Outra área que tem preocupado a prefeita, inclusive com anúncio de redução de atendimento aos moradores da região, a saúde pública, apesar do sub financiamento dos demais entes governamentais segue a ter avanços, na avaliação da gestora. “Mais médicos foram contratados; servidores aprovados em concurso foram convocados e uma grande quantidade de medicamentos foi adquirida para as unidades de saúde”, detalha a prefeitura.

Maior hospital de portas abertas a pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) de toda região, o Hospital da Vida “vem recebendo melhorias, tanto em sua estrutura física quanto em equipamentos e serviços”, conforme a administração municipal. “As UTIs foram contempladas com a aquisição de um robô, por meio do projeto Telemedicina e ainda na área de saúde, foram feitas quatro captações no Hospital da Vida com a criação da Comissão Intra-Hospitalar para Doação de Órgãos e Tecido”, ressalta, citando ainda “encaminhamentos visando à reforma do PAM (Pronto Atendimento Médico)”.

*Com informações da assessoria de comunicação social da Prefeitura de Dourados.

Jornal Midiamax