Cotidiano

Confiras as manchetes desta segunda-feira dos principais jornais do país

Vitória de conservador no Chile é destaque

Richelieu Pereira Publicado em 18/12/2017, às 10h09

None

Vitória de conservador no Chile é destaque

O GLOBO

– Salário de servidor limita ações de 57 cidades do Rio

Levantamento do Ministério Público Estadual sobre as contas de 80 dos 92 municípios do Rio revela que 57 prefeituras, incluindo a da capital, comprometem ao menos 48% do orçamento com o pagamento de servidores. Isso significa que as cidades fluminenses estão perdendo a capacidade de investir em saúde, educação e infraestrutura.

– Parada, Angra 3 é usina de problemas

Alvo da Lava-Jato, com obras paradas há dois anos, a usina de Angra 3 acumula dívidas e cancelou contratos. Lida também com problemas técnicos graves: recebeu equipamentos com trincas. A Eletronuclear, responsável pelo projeto, diz que falta de dinheiro e pessoal põe em risco a fiscalização.

– Piñera vence e volta após 4 anos

O ex-presidente Sebastián Piñera conquistou 54% dos votos e derrotou Alejandro Guillier no segundo turno no Chile. Ele volta ao poder após quatro anos e, com sua vitória, mergulha a centro-esquerda numa ampla crise.

FOLHA DE S.PAULO

– Centro-direita volta ao poder no Chile com Piñera

O empresário Sebastián Pinera, 68, voltará a ocupar a Presidência do Chile, relata Sylvia Colombo. Ele assumirá em março de 2018. Com a apuração praticamente encerrada, o centrodireitista tinha 54,6% dos votos no segundo tumo contra 46,4% de Alejandro Guillier, da centro-esquerda.

– Sem reforma, “pacote de bondades” vai ser esvaziado

Cética sobre a possibilidade de votar a reforma da Previdência no ano que vem, a equipe econômica resolveu esvaziar o “pacote de bondades” aprovado recentemente pelo Congresso. As medidas, moeda de troca para angariar apoio à reforma, deverão sofrer alterações.

– Delações travam julgamentos de réus na Lava-Jato

Ações penais abertas pelo juiz Sergio Moro na Lava Jato acabaram ficando de lado na pauta de julgamento devido à assinatura de uma série de acordos de delação premiada no ano passado. Nesses casos, como o do ex-presidente da Petrobras Aldemir Bendine, a tramitação fica suspensa enquanto a Procuradoria negocia as colaborações.

O ESTADO DE S.PAULO

– Tribunais pagam R$ 890 mi em “penduricalhos” a juízes

A concessão generalizada de auxílio-moradia, auxílio-alimentação e auxílio- saúde faz com que 26 tribunais estaduais de Justiça gastem cerca de R$ 890 milhões neste ano com esses pagamentos. Na última folha salarial publicada, 13.185 juízes dos TJs (mais de 80%) tiveram o contracheque inflado por esses benefícios ou similares.

– Piñera derrota esquerda e vence eleição no Chile

O ex-presidente Sebastián Piñera obteve ontem 54% dos votos válidos no segundo turno da eleição presidencial chilena e voltará a ocupar o Palácio de La Moneda. O candidato que teve apoio das principais forças de esquerda do país, o senador Alejandro Guillier, reconheceu uma “derrota dura” e pediu que Piñera continue as reformas iniciadas por Michelle Bachelet.

– China negocia fazendas em Minas

A estatal China Forestry Group Corporation (CFGC) negocia a compra de fazendas de eucalipto da siderúrgica francesa Vallourec em Minas. As áreas somam 230 mil hectares e estão avaliadas entre US$ 600 milhões e US$ 700 milhões.

Jornal Midiamax