Cotidiano

Compra de 38 televisores irá modernizar atendimento, explica Defensoria

Equipamentos irão agilizar distribuição de senhas

Joaquim Padilha Publicado em 19/01/2017, às 12h58

None
defensoriapublica.jpg

Equipamentos irão agilizar distribuição de senhas

Após a publicação na última quarta-feira (18) de uma notícia sobre a compra de 38 Smart TVs por parte da Defensoria Pública Geral de Mato Grosso do Sul, o órgão entrou em contato com o Jornal Midiamax para explicar a necessidade da aquisição.

Segundo a assessoria de comunicação, a compra dos televisores, avaliada em R$ 77,7 mil, irá modernizar os atendimentos prestados a população, por meio da mudança no sistema de senhas e chamadas.

Com as televisões com acesso a internet, os assistidos pelas Defensorias poderão ser chamados pelo próprio nome, que aparecerá nos visores dos equipamentos.

A medida substituíra a distribuição das senhas em papel, como vem sendo praticado pelo órgão. Segundo o defensor-Público Geral de MS, Luciano Montalli, essa mudança facilitará ao atendido saber quando está sendo chamado.

"Como o atendimento é dividido por defensores que atuam em áreas específicas, muitas vezes a pessoa fica sem entender qual a ordem de senhas está sendo seguida. Desta nova forma, o assistido poderá identificar com clareza o momento do seu atendimento”, explicou.

As 38 televisões Smart serão distribuídas nas comarcas de entrância especial e 2ª entrância. Três dos equipamentos serão destinados às unidades de atendimento público de Campo Grande.

Já os outros televisores irão atender os prédios de Dourados, Ponta Porã, Corumbá, Três Lagoas, Bataguassu, Maracaju, Ivinhema, Aquidauana, Amambai, Coxim, Paranaíba, Cassilândia, Nova Andradina, Naviraí, Mundo Novo, Costa Rica, Chapadão, Fátima do Sul, Rio Brilhante, Miranda, São Gabriel do Oeste, Camapuã, Caarapó, Bonito, Jardim e Aparecida do Taboado.

(sob supervisão de Ludyney Moura)

Jornal Midiamax