Cotidiano

Com dívida de R$ 396 milhões, Prefeitura não tem data para pagar

Administração irá priorizar dívidas de até R$ 100 mil

Midiamax Publicado em 04/04/2017, às 19h00

None
prefeituramidiamax_0.jpg

Administração irá priorizar dívidas de até R$ 100 mil

Após suspender o pagamento dos fornecedores e prestadores de serviços por 90 dias, prazo que já expirou, a Prefeitura ainda não tem data para realizar os pagamentos. É o que explicou o prefeito Marcos Trad (PSD) nesta terça-feira (4). Ele afirmou que a dívida do município com esses serviços, deixada pela administração anterior, é de cerca R$ 396 milhões.

O prefeito explicou que a administração irá priorizar as dívidas cujos valores têm limite de R$ 100 mil.

“Estamos estudando o pagamento das dívidas de até R$ 100 mil e as acima disso, estamos estudando o melhor caminho, uma maneira de honrar. De hoje para amanhã vamos decidir uma data para chamar os fornecedores”, declarou.

Raio- x e ajuste fiscal

A equipe do prefeito preparou um 'raio-x' das contas municipais em janeiro, por meio de análise de contratos, licitações, pessoal e readequações administrativas – as medidas foram publicadas em Diário Oficial, condensadas em 4 decretos. O objetivo, de acordo com a administração, é promover ajuste fiscal em Campo Grande e a "reordenação financeira da Prefeitura". Entenda melhor aqui.

O Prefeito afirmou que a equipe encontrou situações “que chamaram a atenção”, mas não quis revelar qualquer indício de irregularidade.

“Tudo que nos chamou atenção vamos enviar aos órgãos de controle, sem noticiar nada ou antecipar qualquer acusação ou irregularidade”, declarou.

Jornal Midiamax