Cotidiano

Campo Grande terá observatório para combater violência contra a mulher

Prefeitura lançou observatório e campanha

Wendy Tonhati Publicado em 27/11/2017, às 14h43

None

Prefeitura lançou observatório e campanha

Campo Grande terá um Observatório da Violência contra a Mulher com o objetivo de fazer o levantamento de dados e elaboração de estatísticas para combate à violência contra as mulheres. O observatório foi lançado pela Prefeitura de Campo Grande nesta segunda-feira (27), junto com a campanha 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra Mulheres.

Os trabalhos do observatório serão desenvolvidos pelos alunos do curso de Direito da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) que utilizarão dados, como mandados de prisão, medidas protetivas, entre outros, de atendimentos da Casa da Mulher Brasileira para saber quais os pontos podem ser mais atuação e serem melhorados no combate à violência contra a mulher em Campo Grande.  

Também teve início a campanha 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra Mulheres, que já teve dois eventos [20 e 25 de novembro] e ainda terão mais três.

A titular da Semu (Subsecretaria Municipal de Políticas para a Mulher), Carla Stephanini, explicou que a estrutura da Casa da Mulher Brasileira está a cargo da Prefeitura e que, desde o começo deste ano, ocorreram em Campo Grande, cinco feminicídios e 13 tentativas de feminicídio.

Segundo Stephanini, na época da demissão dos terceirizados da Omep (Organização Mundial para Educação Pré-Escolar) e Seleta Sociedade Caritativa, a Casa da Mulher Brasileira enfrentou problemas, pois cerca de 30% dos funcionários eram contratados pelas entidades, mas no momento, todo o quadro de funcionários é de servidores municipais contratados pelo Município.

Campo Grande terá observatório para combater violência contra a mulher

Programação da Campanha 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra Mulheres

1° de dezembro – Dia Mundial de Combate à AIDS

Visa estimular a prevenção e diminuir a disseminação da AINDS, principalmente entre as mulheres.

6 de dezembro

Nesta data, em 1989, aconteceu o Massacre de Mulheres em Montreal (Canadá), quando 14 estudantes da Escola Politécnica de Montreal foram assassinadas por um jovem que não aceitava a presença de mulheres na escola. Tal massacre deu origem à Campanha do Laço Branco. No Brasil, a partir de 2007, é o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

10 de dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos

Data da publicação da Declaração dos Direitos Humanos, em 1948. A declaração reconhece a violência contra as mulheres como uma violação dos direitos humanos. 

Jornal Midiamax