Cotidiano

Campanha pela saída da Sanesul de Dourados ganha apoio de entidade estadual

Abaixo-assinado vai percorrer todos os bairros da cidade.

Midiamax Publicado em 11/05/2017, às 16h23

None

Abaixo-assinado vai percorrer todos os bairros da cidade.

  Campanha pela retirada dos serviços da Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul) em Dourados ganhou esta semana a adesão de mais uma instituição.

         A Associação Sul-Mato-Grossense de Defesa dos Direitos dos Usuários de Públicas Públicas declarou apoio a campanha que está sendo realizada Associação dos Amigos de Dourados (AADO) que é contrária a manutenção dos serviços de água e esgoto com a Sanesul e a favor da municipalização dos serviços.

         O presidente da Associação de Defesa dos Usuários, Aliomar Oliveira Ribeiro esteve reunido com um dos coordenadores da AADO, Racib Harb quando definiram as próximas ações da campanha.

Representantes das duas entidades estão participando de uma audiência pública que está acontecendo na tarde desta quinta-feira na  Câmara Municipal para debater os desafios para a implementação da Política Municipal de Saneamento Básico, pré-requisito primordial para que se coloque em votação da lei que concede a renovação da concessão com a Sanesul.

Racib disse que o objetivo do movimento é conseguir apoio para a proposta de municipalização dos serviços, com a saída da Sanesul da exploração. Seria uma perda considerável para a estatal, uma vez que hoje Dourados, com mais de 215 mil habitantes, é a maior cidade atendida pela Sanesul, considerando que Campo Grande municipalizou os serviços no ano 2000. O público atendido pela empresa em Dourados representa 15% do total da clientela da empresa.

A AADO vem acompanhando desde o ano passado as negociações que o Governo do Estado com a Prefeitura de Dourados para renovar o contrato de concessão por mais trinta anos, antes mesmo do prazo do que está em vigência terminar. As negociações não avançaram na administração do ex-prefeito Murilo Zauith e praticamente pararam com a atual prefeita Délia Razuk.

Com o abaixo assinado a campanha da AADO pretende sensibilizar a prefeita e os vereadores sobre a importância da não renovação do contrato com a Sanesul. Outra proposta da entidade é garantir para a Prefeitura de Dourados a administração direta ou indireta dos serviços.

         Aliomar e Racib já definiram os próximos passos da campanha. A partir do próximo sábado representantes das duas entidades vão percorrer escolas, praças e todos os bairros da cidade coletando assinaturas pela municipalização dos serviços de água e esgoto e pela saída da Sanesul.

Jornal Midiamax