Cotidiano

Avenida no Jardim Nhanhá é tomada pelo lixo, reclama morador

Lixo está no local há mais de 10 dias

Raiane Carneiro Publicado em 07/06/2017, às 19h00

None

Lixo está no local há mais de 10 dias

O lixo está tomando a Avenida George Chaia, no Jardim Nhanhá. Um leitor enviou a reclamação com as fotos do local para o jornal Midiamax e explicou que a primeira faixa já está intransitável na avenida.

Everton da Costa Teixeira, servidor público, contou que sempre passa pela avenida para ir trabalhar no Hospital Regional e que o lixo está há mais de 10 dias e já obstruiu uma das faixas. O servidor público contou que existe o descaso do poder público, mas também a falta de educação da população que joga desde sofá até vasos sanitários. 

O servidor explicou ainda que o lixo está aumentando e que já está na segunda faixa da avenida e teme que a situação provoque acidentes. “Eu mesmo para me livrar de uma colisão frontal com outro veículo, desviei para junto dos entulhos e acabei esbarrando num galho e arrasando o para-choque do meu carro” contou. Avenida no Jardim Nhanhá é tomada pelo lixo, reclama morador

Em nota, a prefeitura de Campo Grande informou que a Sisep (Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos) iniciou há duas semanas uma limpeza na região com poda, roçada e capina. Todo o entulho produzido foi empilhado no local para ser recolhido posteriormente, mas, a nota ressalta que existem pessoas que se aproveitam para descarregar entulhos e galhos de árvore indevidamente.  

A limpeza do local deve ser feita em até uma semana. A prefeitura reforçou ainda que os moradores do local podem denunciar o descarte irregular através da Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista) no número 3325-2567, Guarda Civil Municipal no telefone 153, pelo Disque Denúncia de número 156 ou na 34º Promotoria de Justiça do Meio Ambiente pelo número 3317-4067.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax
O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax