Após morte de enfermeira em UPA, colegas fazem campanha nas redes

Profissionais dizem trabalhar sob pressão
| 15/04/2017
- 23:00
Após morte de enfermeira em UPA, colegas fazem campanha nas redes

Profissionais dizem trabalhar sob pressão

Profissionais de enfermagem da rede municipal de saúde trocaram suas fotos de perfil por mensagem em homenagem à enfermeira, encontrada morta no banheiro da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Universitário, na madrugada deste sábado (15). 

A frase: “A saúde está doente! #luto” pode ser vista no perfil de vários profissionais. A categoria alega trabalhar sob pressão e diz que isso pode ter piorado o estado da enfermeira. Profissionais procuraram o Jornal Midiamax para reclamar da situação.

“Estamos estagnados e cansados de tanto sermos massacrados pela população e, pelo poder público. Trabalhamos doentes e queremos ser vistos como seres humanos. Ela [a enfermeira que morreu] não era problemática. Ela estava doente”, disse uma técnica que preferiu não se identificar. 

O secretário municipal de saúde, Marcelo Vilela, disse ao Jornal Midiamax que o caso da enfermeira foi isolado e decorrente de problemas pessoais. Segundo Vilela, ela esteve afastada do trabalho para tratamento e retornou há três meses. 

Sobre as reclamações da categoria, o titular da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) afirmou “que as equipes estão a contento. O que acontece é que a demanda da população aumenta, mas as equipes são calculadas de acordo com normas técnicas de trabalho e são cumpridas”, explicou sobre as escalas.

Vilela disse ainda que “eles [profissionais de enfermagem] estão querendo ganhar aumento de salário. É um problema de servidor com ganho. Mas, falar que eles estão sendo explorados, isso não”. 

 

Veja também

Assim como nos últimos dias, as temperaturas ficam mais amenas de manhã, mas vão subindo ao longo do dia

Últimas notícias