Cotidiano

Após confirmação de repasse, enfermeiros da Santa Casa encerram paralisação

Teve início às 6h

Ana Paula Chuva Publicado em 09/06/2017, às 18h22

None

Teve início às 6h

Após a confirmação do repasse da Prefeitura e a informação de que os salários estariam sendo depositados, a paralisação dos enfermeiros que trabalham na Santa Casa chegou ao fim na tarde desta sexta-feira (9). De acordo com as informações, as atividades já estão sendo retomadas.Após confirmação de repasse, enfermeiros da Santa Casa encerram paralisação

De acordo com a Prefeitura, eles estariam apenas aguardando o recebimento da nota fiscal de empenho para efetuar o pagamento, e esse documento teria sido encaminhado no início da tarde desta sexta-feira.

A prefeitura ainda salientou que o município está fazendo um adiantamento do que lhe é contratualizado com o hospital, ou seja, o teto municipal, de R$4.467.000,00. Lembrando que o contrato com o hospital é de R$20 milhões, sendo os demais R$2,5 milhões de responsabilidade do Governo do Estado e cerca de R$12 milhões de responsabilidade do Governo Federal. 

O repasse por parte do Governo Federal acontece entre os dias 10 e 15 de cada mês.

Paralisação

A paralisação dos enfermeiros que trabalham na Santa Casa começou às 6h desta sexta-feira (9) e continua por tempo indeterminado. Os profissionais repudiam o atraso no repasse da Santa Casa, que ainda não ocorreu até o início desta sexta, segundo a assessoria do hospital.

A questão já tem virado rotina. Segundo afirmou o hospital, os atrasos nos repasses tem ocorrido deste outubro de 2016. A assessoria afirma que a Prefeitura declara “não ter dinheiro e estar à espera de recursos federais”.

Segundo a direção da Santa Casa, o hospital recebe em média R$ 23 milhões, deste valor R$ 20,2 milhões são de repasses feitos pelo Ministério da Saúde, governo do Estado e Prefeitura. O restante é adquirido por meio de convênios e atendimentos particulares.

Jornal Midiamax