Cotidiano

VÍDEO: PRF tenta por fim a bloqueio e catadores discutem com agentes

Ainda não há previsão de liberação da rodovia

Gerciane Alves Publicado em 19/03/2016, às 20h27

None
img-20160319-wa0040.jpg

Ainda não há previsão de liberação da rodovia

Cerca de 50 catadores continuam bloqueando a BR-262 até o fim da tarde deste sábado (19). Durante uma tentativa de negociação entre a PRF (Polícia Rodoviária Federal) e os manifestantes, os ânimos se exaltaram e os catadores acabaram discutindo entre si e com os policiais. Ainda não há previsão de liberação da rodovia.

A discussão começou, segundo o catador Rodrigo Leão Marques, que é um dos lideres da manifestação, no momento da abordagem dos policiais. Ele conta que assim que a PRF chegou um dos policiais perguntou quem estava liderando a manifestação. Ao se apresentar, Rodrigo conta que teve seu braço puxado com força pelo policial.

“Ele puxou meu braço com força e me levou para um canto dizendo que a gente ia conversar”, diz o catador. Revoltado com a atitude do policial, Rodrigo não quis conversar e voltou correndo para o meio dos catadores. Neste momento eles começaram a discutir entre si.

Uma nova tentativa de negociação foi feita e o catador João Alves, de 16 anos, explicou para os policiais que os catadores não estão conseguindo tirar o sustento da UTR (Usina de Triagem de Resíduos Sólidos) e que vai conversar com os manifestantes para tentar liberar a rodovia a partir das 18 horas.

Durante a conversa, uma votação foi feita e os catadores decidiram que na próxima segunda-feira (21) eles se reunirão de madrugada em frente a defensoria pública para conversar com o Defensor Público Amarildo Cabral.

A PRF informou que está no local para tentar negociar a liberação da rodovia. Apesar do bloqueio o congestionamento na rodovia não é grande porque duas viaturas, um em cada lado da rodovia, orientam os motoristas optarem por um desvio. Apenas carretas transitam normalmente pela rodovia. Uma equipe da Guarda Civil Municipal também está no local. Veja o vídeo aqui.

Jornal Midiamax