Cotidiano

VÍDEO: índios bloqueiam rua da Capital e BR-262 contra nomeação de coronel

BR-262 entre Corumbá e Campo Grande foi bloqueada

Clayton Neves Publicado em 17/11/2016, às 17h33

None
985af1bb-4722-4a87-8ec0-a7941a53fc56.jpg

BR-262 entre Corumbá e Campo Grande foi bloqueada

Manifestação de aproximadamente 50 índios bloqueou trecho da Rua Maracaju entre as ruas Pedro Celestino e Rui Barbosa no início da tarde desta quinta-feira (17). O ato é um protesto contra a nomeação do coronel da reserva e ex-comandante do CMO (Comando Militar do Oeste), Renato Vidal Sant'anna e deve seguir até as 15h30. Na BR-262, entre Campo Grande e Corumbá, parte da rodovia também está bloqueada por cerca de 300 índios índios.

Na Rua Maracaju, o grupo que também participa da ocupação à sede da Funai (Fundação nacional do índio), em Campo Grande, estendeu uma faixa com os dizeres ‘Pelo fim do massacre ao povo Guarani-Kaiowá! Autodemarcação já!’. Computadores foram colocados no meio da via onde terenas munidos com cocares, bordunas (instrumentos de guerra) e demais adereços, cantam e dançam.

Veja o vídeo.

Motoristas que passam pelo local estão desviando do centro do protesto pela Rua Pedro Celestino, onde uma agentes da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) orientam o trânsito. Uma equipe da Polícia Militar também acompanha a manifestação.

Na BR-262, Célio Fialho, da Aldeia Bananal, contou que cerca de 300 índios saíram da assembleia terena e iniciaram o bloqueio na rodovia. Segundo ele, a manifestação é um aviso ao Governo.

“Somos contra a mudança na Coordenadoria Regional da Funai, em Campo Grande, nossa comunidade repudia essa ação e não vamos deixar que o coronel entre na Funai. Vamos mostrar para esse governo o que pensamos sobre essa nomeação que não atende nossa comunidade”, relata.

Confira o vídeo:

Nomeação

A nomeação foi publicada na última quinta-feira (10) no Diário Oficial da União. O coronel substitui Evair Borges, Terena que atua há 16 anos na Funai. Natural da Aldeia Lalima, no município de Miranda, ele estava na Coordenação Regional desde abril de 2014. 

O coronel Renato Vidal Sant'anna é da reserva militar. Ele autuou, entre outros locais, no comando do 23º Batalhão Logístico de Selva, sediado em Marabá, no estado do Pará.

A Coordenação Regional de Campo Grande atende as comunidades indígenas Água Limpa, Buriti, Buritizinho, Cachoeirinha, Guató, Kadiwéu, Lalima, Limão Verde, Nioaque, Nossa Senhora de Fátima, Ofayé-Xavante, Pilad Rebuá e Taunay-Ipegue.

*matéria alterada às 15h51 para acréscimo de informações

Jornal Midiamax