Cotidiano

Veja ranking: piso de professores varia de R$ 1,6 a R$ 3,3 mil em MS

Maior salário é na Capital e o menor em Miranda

Ludyney Moura Publicado em 19/09/2016, às 12h31

None
1474251466ranking.jpg

Maior salário é na Capital e o menor em Miranda

A Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação em Mato Grosso do Sul), divulgou um ranking salarial do magistério nas escolas públicas (estadual e municipal) do Estado.

De acordo com a entidade, apesar de figurar no topo do ranking, Campo Grande, cujo piso para 40 horas é de R$ 3.394,74, não cumpre a legislação vigente. Em último lugar, dos municípios que prestaram informação, está Miranda, na região do Pantanal, com piso de R$ 1.697,48, para as mesmas 40 horas trabalhadas.

Ao divulgar o ranking, a federação destacou que ele é atualizado ao longo do ano, e chamou a atenção para as promessas dos candidatos a prefeito referentes à educação pública municipal.

Completam o topo da lista a cidade de Corumbá, com piso de R$ 3.235,14, Fátima do Sul, R$ 3.196,76 e a rede estadual de ensino, R$ 3.151,76, sempre para jornada de 40 horas. Todas as demais cidades figuram com salários abaixo de R$ 3 mil

Confira lista:

Veja ranking: piso de professores varia de R$ 1,6 a R$ 3,3 mil em MS

Jornal Midiamax