Cotidiano

Vacina contra H1N1 é disponibilizada para professores e administrativos da educação

Doses serão disponibilizadas nesta sexta-feira e neste sábado

Midiamax Publicado em 12/08/2016, às 11h59

None
1b811dd98979bd85365e1e117853d73e.jpg

Doses serão disponibilizadas nesta sexta-feira e neste sábado

Vacinas contra H1N1 serão distribuídas para professores e administrativos da educação a partir desta sexta-feira (12) em Naviraí, distante 359 quilômetros de Campo Grande. Desde o início de 2016, sete pessoas morreram vítimas da doença no município.

Conforme o site local, Sul News, a Prefeitura de Naviraí investiu R$ 215 mil para aplicação de 15 mil doses de vacinas que serão distribuídas crianças de cinco a nove anos, hipertensos com idades 50 e 59 anos, além de, professores e administrativos da educação, que estão fora do grupo de risco.

De acordo com as informações, dos R$ 515 mil investidos pelo município, R$ 150 mil são do duodécimo da Câmara Municipal.

As doses serão disponibilizadas nesta sexta-feira (12) e neste sábado (13), no salão de festas da Seleta (Sociedade Caritativa e Humanitária), das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas.

Mortes por gripe A –

A doença já matou 85 pessoas em Mato Grosso do Sul, apenas em 2016. A vacina fez vítimas em Água Clara (1), Amambai (1), Antônio João (2), Aquidauana (2), Bataguassu (3), Campo Grande (24), Caarapó (3), Corumbá (2), Costa Rica (1), Coxim (1), Douradina (1), Dourados (4), Glória de Dourados (1), Ivinhema (3), Jardim (4), Juti (1), Laguna Carapã (2), Ladário (1), Maracaju (4), Navirai (7), Nova Andradina (1), Ponta Porã (4), Ribas do Rio Pardo (1), Rio Verde (1), Rio Brilhante (2), Santa rita do Pardo (2), São Gabriel do Oeste (1), Sidrolândia (2), Terenos (1) e Três Lagoas (3).

Dados da SES (Secretaria de Estado de Saúde) mostram outras três mortes, em Campo Grande, Corumbá e Jardim, foram confirmadas por influenza B, além de uma morte na Capital por influenza A não subtipado.

Jornal Midiamax