Cotidiano

Sobe para 33 o número de cidades em estado de emergência por causa da chuva em MS

Novo decreto será publicado também na sexta-feira

Wendy Tonhati Publicado em 28/01/2016, às 18h00

None
img-20160114-wa0097.jpg

Novo decreto será publicado também na sexta-feira

Mais duas cidades passaram a fazer parte da lista de cidades que decretaram situação de emergência no Estado. Nesta quinta-feira (28), entraram na lista Nioaque e Rio Verde do Mato Grosso. Até este momento, são 33 municípios nesta situação. De acordo com o Governo do Estado, na sexta-feira (29), será publicado novo decreto, incluindo mais três cidades.

Com os decretos desta semana, todas as cidades que estão em situação de emergência no Estado foram incluídas nos decretos estaduais, com exceção de Campo Grande. 

O primeiro decreto estadual, publicado no dia 22 de dezembro, abrange Tacuru, Naviraí, Coronel Sapucaia, Amambai, Sete Quedas, Paranhos, Caarapó, Iguatemi, Novo Horizonte do Sul, Juti, Aral Moreira, Eldorado, Itaquiraí, Japorã, Deodápolis, Mundo Novo, Bela Vista e Laguna Carapã.Sobe para 33 o número de cidades em estado de emergência por causa da chuva em MS

Com a publicação desta sexta, os municípios de Deodápolis, que já havia entrado no decreto, mas agora apresentou estragos em outra região, Jardim, Guia Lopes da Laguna, Taquarussu, Nioaque, Ivinhema, Caracol e Dois Irmãos do Buriti terão a possibilidade de receber reconhecimento do Governo Federal para a solicitação de recursos.

No decreto que será publicado na sexta, serão reconhecidas as cidades de Vicentina, Miranda, Fátima do Sul, Aquidauana, Jateí, Batayporã e Rio Verde de Mato Grosso. Para esses municípios não haverá pedido de reconhecimento federal, ficando apenas a nível estadual.

Conforme a Defesa Civil, neste caso as cidades não atingiram os índices necessários para solicitar o reconhecimento federal. Jateí e Vicentina poderão ainda alcançar os índices, mas os levantamentos ainda continuam sendo feitos.

Jornal Midiamax