Cotidiano

Setembro faz frio? Três anos atrás, temperaturas ficaram ainda mais baixas que agora

Sensação em 2013 chegou a -4º

Midiamax Publicado em 08/09/2016, às 19h57

None
frio_inverno_la.jpg

Sensação em 2013 chegou a -4º

"Nunca vi um frio como este em setembro!" Esta é a frase mais ouvida nos últimos dias, em que as temperaturas despencaram em Mato Grosso do Sul. Porém, uma comparação do Cemtec (Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul), relacionada aos últimos oito anos de monitoramento no Estado mostram que em 2013, o mês conhecido como o das flores, foi mais gelado. Na época, os ventos registrados deixaram a sensação térmica na 'casa' negativa.

A física e mestre em meteorologia Franciane Rodrigues, do Cemtec, informou que no dia 25 de setembro de 2013 a menor temperatura foi de 6,9º, contra mínima de 10º registrada nesta quarta-feira (7). Segundo ela, ventos de 33,12 km/h atingiram Campo Grande naquele ano e deixaram a sensação térmica em menos 4º. "Já neste ano, nessa primeira semana de setembro a sensação térmica desta quarta ficou em 3º, nas primeiras horas da manhã. Isso faz com que setembro de 2013 seja o mais frio até agora, conforme o monitoramento da Cemtec)", explica Franciane.

SEGUNDO MAIOR FRIO

De acordo com Franciane, a segunda menor temperatura registrada em Campo Grande, ocorreu logo no início do monitoramento no Estado, em 2008. Conforme ela, o mês de setembro há oito anos teve mínima de 7,9º.

2015 FOI MAIS CHUVOSO

Além do frio, o 'aguaceiro' atípico também virou comentário na Capital. Mas nada comparado a setembro de 2015. Franciane explica, que o concentrado de chuva na primeira semana do mês é que foi exagerado, porém o acumulado de chuva dos primeiros dias do mês é 'mínimo' comparado a quatidade de 2013 e 2015.

Em 2013 choveu 101,8 milímetros, que corresponde a 137% a mais do que o esperado para os 30 dias. Já em 2015, foram 225,4 milímetros, ou seja, 205% a mais. Nos primeiros sete dias de setembro de 2016 só choveu 14,6 milímetros. "O que novamente surpreendeu a todos foi a sequência de chuva", finalizou.

PREVISÃO

A previsão para a manhã desta sexta-feira (9), é de mínima de 16º, porém a máxima no decorrer do dia pode chegar a 30º. A temperaturas vão subindo no sábado (10), com máxima de 32º e no domingo (11) de 30º. As mínimas de 14º podem ser registradas nas madrugadas e inícios das manhãs. Conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), não há previsão de chuvas.

Jornal Midiamax