Cotidiano

Sem receber 13°, funcionários interrompem limpeza nos postos de saúde

Trabalhadores farão assembleia

Wendy Tonhati Publicado em 21/12/2016, às 12h28

None
mega_serv_0.jpg

Trabalhadores farão assembleia

Os trabalhadores da Mega Serv -terceirizada do ramo de limpeza que presta serviço à Prefeitura- ainda não receberam o 13° salário, que estava previsto para último dia terça-feira (20). Na manhã desta quarta-feira (21), os trabalhadores paralisaram a limpeza nos postos de saúde e se reuniram no sindicato que representa a categoria.

“Deveria ter sido pago ontem. Não tem limpeza até que se decida o que fazer. Vamos aguardar um comunicado oficial da empresa e fazer uma assembleia com os trabalhadores”, explica o presidente do Steac-MS (Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Asseio e Conservação), Wilson Gomes da Costa. 

Conforme o sindicalista, a empresa comunicou aos funcionários e ao sindicato que, o pagamento seria feito em parcela única. Depois, diante do atraso, pediu para que os trabalhadores esperassem até a próxima sexta-feira (23), antevéspera de Natal. 

Ao todo, são aproximadamente 320 pessoas que prestam serviços à Mega Serv. Os funcionários enfrentam problemas para receber os salários há anos. Quase mensalmente, são feitas paralisações que duram horas ou alguns dias para conseguir receber da empresa.

A Mega Serv foi contratada ainda na primeira gestão do prefeito Alcides Bernal e, desde então, denúncias de atrasos de salários são constantes. Em maio deste ano, funcionários da Mega Serv denunciaram a falta de pagamento e organizaram protestos. A empresa também esteve envolvida nas investigações da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Calote.

Jornal Midiamax