Cotidiano

Sem pagamento, funcionários da Santa Casa retomam paralisação

Movimento começa na segunda-feira

Midiamax Publicado em 07/10/2016, às 11h15

None
enfermeiros_santa_casa_-_siems_-5_-.jpg

Movimento começa na segunda-feira

Funcionários da Santa Casa decidiram retomar a operação tartaruga realizada na última semana. A decisão foi votada durante assembleia solicitada na manhã desta sexta-feira (7) por representantes do Siems (Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul) e do Sintesaúde (Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviço de Saúde de MS).

Conforme o diretor-financeiro do Siems, Sebastian Rojas, cerca de 300 funcionários participaram da reunião. "Convocamos os funcionários para assembleia porque não tivemos resposta sobre a negociação e porque os trabalhadores afirmam que ainda não receberam o pagamento referente ao mês de setembro", justifica.

O movimento chamado de operação tartaruga terá início nesta segunda-feira (10). A paralisação acontece a cada três horas. Os profissionais manterão 70% do efetivo no setor de urgência e emergência e 50% nas demais áreas. 

Na terça-feira passada (27) os funcionários realizaram operação tartaruga. Na ocasião, eles paralisaram as atividades de três em três horas, no período matutino, vespertino e noturno com o objetivo de pressionar o hospital a retomar as negociações.

A paralisação foi interrompida após acordo com a direção do hospital. A assessoria de comunicação da Santa Casa, afirma que não foram informados sobre a possibilidade de uma nova paralisação e confirma de que até o momento não houve repasse da Prefeitura. 

Quanto ao acordo que colocou fim à última paralisação, a assessoria de comunicação do hospital diz que os sindicatos deveriam entrar em contato com a direção da Santa Casa para responder sobre a oferta feira pela administração.

Jornal Midiamax