Cotidiano

Sem chuva há 17 dias: queimada atinge terreno em avenida e fumaça atrapalha trânsito

O período de estiagem intensifica os focos de queimada

Wendy Tonhati Publicado em 02/08/2016, às 16h58

None
13901864_1040388209331096_1789940252_o.jpg

O período de estiagem intensifica os focos de queimada

Incêndio na Avenida Nelly Martins em Campo Grande – prolongamento da Avenida Via Parque-, preocupa quem passa pelo local na tarde desta terça-feria (2). As imagens mostram uma fumaça alta, que é vista à distância na Avenida. O incêndio ocorre em um terreno murado, próximo ao Clube Estoril.

A estiagem no estado, que já registra 17 dias sem chuva em Campo Grande, tem contribuído para os focos de queimadas, como a Via Parque e locais próximos. No início de julho, outro terreno na Avenida Nelly Martins queimou 3,5 hectares de vegetação, o equivalente a 35 mil metros quadrados, e a fumaça atrapalhou a visibilidade de motorista que passavam pelo local. A ação pode resultar em até seis anos de detenção, por colocar em risco a vida de outras pessoas.

Campo Grande registou sua última chuva no dia 16 de julho, de acordo com Centro de monitoramento do Tempo, do Clima e dos Recursos Hídrico de Mato Grosso do Sul (Cemtec/MS). A capital, no entanto, registrou apenas 5,4 milímetros de água. Já a cidade de Dourados, no sul do estado, registrou 37,6.

Jornal Midiamax