Cotidiano

Reparo em ponte na Ernesto Geisel começa, mas problema na via é maior

Trecho está interditado para conserto

Wendy Tonhati Publicado em 16/12/2016, às 14h02

None
99086b72-fd79-4712-9372-a7acc3bdad27.jpg

Trecho está interditado para conserto

O reparo na ponte sobre o Córrego Anhanduí, na Avenida Presidente Ernesto Geisel com a Rua Brilhante, começou na manhã desta sexta-feira (16). A ponte foi interditada por causa de um desmoronamento na noite da quinta-feira (15). Porém, o problema na avenida é maior. Na frente do shopping Norte Sul Plaza, parte do asfalto desmoronou. 

Segundo o mototaxista José Roberto Bogarim, 45 anos, que trabalha em um ponto próximo do local disse que a parte danificada representa um perigo muito grande. “Pelo menos dois carros já caíram nesse local”, diz. 

O motorista Dilson Loureiro Saravi, 57 anos, disse que já faz muito tempo que a pista está desse jeito e pode causar acidentes. "É perigoso, pois o carro tenta desviar e pode acabar batendo em outro veículo e pode cair ali”, reclama.

A Prefeitura de Campo Grande foi consultada sobre o problema de desmoronamento da pista, mas não se manifestou até o fechamento deste texto. 

Ponte

Nesta sexta, o trânsito sobre a ponte está interditada nos dois sentidos. As equipes da Seintrha utilizam uma retroescavadeira para fazer a manutenção do local. A previsão de conclusão da obra é ainda hoje até o fim da tarde.

Segundo a Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), as fortes chuvas dos últimos dias aumentaram a vazão do córrego que é canalizado e subiu mais de quatro metros de altura fazendo com que a água infiltrasse nas vigas de sustentação da ponte abrindo causando um solapamento – um buraco de aproximadamente dois de profundidade por três de largura e aproximadamente seis de comprimento. 

Jornal Midiamax