Cotidiano

Professores ameaçam ir à Justiça contra Prefeitura para receber 13º salário

Lei diz que benefício deve ser pago até esta terça-feira

Midiamax Publicado em 20/12/2016, às 14h12

None
acp.jpg

Lei diz que benefício deve ser pago até esta terça-feira

Professores da Reme (Rede Municipal de Ensino) de Campo Grande ameaçam entrar na Justiça caso o décimo terceiro salário não seja pago nesta terça-feira (20). A decisão foi votada em assembleia realizada pela categoria.

A vice-presidente da ACP (Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação Pública) , Zélia Aguiar, explica que a categoria vai aguardar até o fim do dia. Caso o depósito não seja efetuado, uma liminar será ingressada contra a administração municipal exigindo o pagamento. 

"Vamos aguardar até o fim do dia de hoje, que é o prazo legal, e se a Prefeitura não depositar entraremos com liminar de bloqueio de recursos para garantir o pagamento do décimo terceiro dos professores", explica. Segundo a vice-presidente do Sindicato, se o prazo não for cumprido, o setor jurídico da ACP entrará com ação ainda nesta quarta-feira (21).

Em nota publicada no último dia 9, no site do sindicato, o presidente da ACP, Lucílio Nobre anunciou que adotaria medidas judiciais caso fosse confirmado atraso do pagamento referente ao benefício

Além dos professores, outros servidores municipais afirmam que até o fim da manhã desta terça-feira, o benefício não foi depositado. 

A equipe de reportagem do Jornal Midiamax entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura para saber o posicionamento a respeito do pagamento do benefício dos servidores municipais, porém, até o fechamento deste texto não houve resposta.  

Jornal Midiamax