Cotidiano

Prefeito recebe comissão de professores e diz que Fetems reconhece erro

Secretário disse que há de se pensar no 13º, para pagamentos serem pagos em dia

Midiamax Publicado em 15/03/2016, às 13h41

None
img-20160315-wa0055.jpg

Secretário disse que há de se pensar no 13º, para pagamentos serem pagos em dia

Após cerca de duas horas de protestos, na frente do Paço Municipal, os professores conseguiram ser recebidos pelo prefeito Alcides Bernal (PP). Este era um dos objetivos da manifestação desta terça-feira (15), que exige o cumprimento do Piso Salarial Municipal. Uma comissão com oito educadores subiram para o gabinete do prefeito.

Bernal não desceu até à frente do Paço, mas encaminhou o secretário de governo, Paulo Pedra (sem partido), para conversar com os professores. Uma comissão com oito educadores subiram para o gabinete do prefeito. Enquanto que Pedra conversava com os demais manifestantes.

O secretário de governo municipal afirmou aos educadores que é desejo do prefeito fazer o reajuste aos 22 mil servidores municipais e disse que a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) reconheceu estar errada ao afirmar que a Prefeitura mentia em propaganda na TV.

Ao declarar isso, Pedra foi vaiado e criticado pelos educadores que o chamaram de mentiroso.

Outro lado

A assessoria de imprensa da Fetems disse que não retira absolutamente nada do que disse e que mais uma vez a Prefeitura está mentindo. “Eles estão colocando o Piso como se fosse para ensino superior, e não é. O Piso é para magistério. A nossa discussão com ele é o cumprimento da lei. Não retiramos absolutamente nada do que falamos”, afirmou a assessoria.

Concurso

Pedra ainda disse que no próximo fim de semana haverá concurso público para a Prefeitura e que os professores selecionados já vão entrar ganhando R$ 2.546,00 para 20 horas e R$ 5.092,00, para 40 horas.

Ele ainda lembrou que a data-base de reajuste é maio e que espera negociar para que este possa ser feito. O secretário de governo ainda disse que não pode esquecer do 13º, por isso há de se verificar os reajustes para que todos os pagamentos sejam pagos em dia.

Jornal Midiamax