Cotidiano

Pecuarista de São Paulo é pego com carne de jacaré ilegal

Calda de 6 kg retirada do animal foi encontrada

Daiane Libero Publicado em 12/03/2016, às 20h59

None
35ae938f-2bec-49e4-a3e2-426ef1a85aa6.jpg

Calda de 6 kg retirada do animal foi encontrada

Durante uma fiscalização rotineira, uma equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) encontrou no Rio Piquiri, no município de Sonora – a 320 km de Campo Grande, carne de jacaré abatido de forma ilegal. O infrator tem 36 anos e é de São João da Boa Vista, interior de São Paulo. 

Segundo informações da PMA, ele possui um rancho de pesca às margens do rio Piquiri. A calda de jacará, pesando 6 kg e sem comprovação de sua origem, estava congelada em um freezer. 

O infrator chegou a alegar que havia comprado a carne em São Paulo, mas não foi capaz de mostrar documentação comprovando a origem. A PMA também constatou que a peça de carne estava muito maior do que as de jacarés criados de forma autorizada para serem consumidos, já que dessa forma, por motivos de economia, as caudas são menores. Ele foi autuado e multado em R$ 500, e responderá por depósito ilegal de carne de animal silvestre. Se condenado, poderá ficar seis meses a um ano em detenção. 

Jornal Midiamax