Cotidiano

Paulo Alberto de Oliveira é empossado desembargador do TJMS

Preencherá a 31ª vaga

Diego Alves Publicado em 25/02/2016, às 00h38

None
20160224202054.jpg

Preencherá a 31ª vaga

A partir de agora, o Tribunal de Justiça de MS tem mais um desembargador. Com o plenário lotado, Paulo Alberto de Oliveira foi empossado desembargador e preencherá a 31ª vaga. E ele fez um discurso de gratidão, iniciando com uma prece que emocionou a muitos.

Agradeceu as palavras generosas dos que antecederam sua fala e pediu licença para falar com o coração. Citou os 27 anos no Ministério Público, lembrou que foi empossado como Procurador-Geral de Justiça neste mesmo plenário. Demonstrou gratidão pela vezes em que foi bem recebido no Tribunal, mencionando nominalmente muitos desembargadores.

Paulo Alberto recitou Guimarães Rosa, Fernando Pessoa; rememorou o tempo em que trabalhou no Poder Judiciário, no início da carreira, e comemorou a presença da ministra do Superior Tribunal de Justiça Nancy Andrighi, Corregedora Nacional de Justiça, a quem chamou de jurista completa, por transitar majestosamente em todas as áreas do Direito.

“Tudo tem um propósito na vida e é nas provações que temos a oportunidade de nos tornar mais fortes, pois a lapidação humana vem nas lutas e nas provas. A vontade de Deus é soberana e inegociável, portanto, eis aqui a minha redenção”, concluiu.

O momento mais emocionante da cerimônia ocorreu quando sua mãe, acompanhada da ministra Nancy e da procuradora Irma Vieira de Santana e Anzoategui, colocou-lhe a toga – simbologia que traduz autoridade, prestígio e respeito.

Não se pode esquecer que a posse é consequência da composição entre o Tribunal de Justiça, o Ministério Público e a OAB/MS que possibilitou destravar as vagas do quinto constitucional, permitindo que a mais alta Corte da justiça sul-mato-grossense passe a ter mais um integrante.

O discurso de boas-vindas foi proferido pela Desa. Tânia Garcia de Freitas Borges. “Acolhi com profunda alegria a missão que me foi conferida para saudar meu amigo Paulo Alberto de Oliveira, na solenidade que o investe na condição de novo membro deste Egrégio Tribunal de Justiça. Impossível não falar de quão honrosa é esta missão e igualmente prazerosa em função dos fraternos laços de amizade que nos unem há anos, facilitada, também, pela bela trajetória de vida que ostenta o nosso empossado”.

A desembargadora mencionou a crise vivida pela sociedade e disse que o Des. Paulo Alberto vem com os olhos postos na realidade social. “V. Excia. traz a aspiração de ver cumpridas e acatadas as normas legais que norteiam as relações interpessoais e delineiam a própria ordem jurídica da qual somos artífices, na expectativa da honra e da justiça”.

O presidente da OAB/MS, Mansour Elias Karmouche, começou o discurso citando Fernando Pessoa e afirmou que o ato de posse percorreu longa e silenciosa estrada. “Todos sabemos do debate travado no âmbito das instituições judiciais e da OAB para que pudéssemos chegar até aqui, neste momento, fazendo prevalecer o bom senso e o entendimento”.

Karmouche ressaltou que a competência e a sabedoria de Paulo Alberto é conhecida por todos. “Muitos dos que estão aqui homenageando-o, neste dia histórico, podem ter certeza: está chegando à magistratura de nosso Estado um homem especial, de coragem e determinação. Tenho certeza de que não vai decepcionar. Sua vasta experiência jurídica e sua sensibilidade social farão a diferença”.

O procurador-Geral de Justiça, Humberto de Matos Brites, garantiu que Paulo Alberto vai engrandecer o Judiciário estadual, já que foi um promotor diligente, sério e combativo. “Tenho convicção de que sua dedicação pelo Direito e pela justiça há de continuar iluminando sua trajetória  de luta,  agora no exercício dessa nova função, mantendo acesa a chama da justiça”.

Para o Procurador-Geral, o esforço pessoal e a experiência adquirida são elementos chaves para permitir a realização de desejos e sonhos. “O bom julgador é, antes de tudo, um atendo observador e ouvinte, um cuidadoso leitor que vai além das linhas, sem, contudo, fundamentar-se em fatos estranhos ao processo. Estou convencido que o novo ciclo profissional continuará sendo o mesmo que norteou seu caminho vitorioso no Parquet de MS”.

O presidente da AMAMSUL, Luiz Felipe Medeiros Vieira, garantiu que a Associação dos Magistrados de MS recebe inicialmente de braços abertos o novo desembargador no quadro de associados, pois este demonstrou durante a carreira no Ministério Público ter muita serenidade  e  capacidade intelectual.

“O Des. Paulo Alberto é detentor de um currículo muito bom e sabemos que é oriundo do Poder Judiciário, já que foi servidor no Tribunal de Justiça antes de ingressar no MP. Portanto, é com satisfação e honra que recebemos mais este associado a partir de hoje”.

Jornal Midiamax