Cotidiano

Pais desconfiam de retaliação em exoneração de diretora de Ceinf

Grupo fez denúncia ao MPE e pretende fazer protesto nesta sexta

Wendy Tonhati Publicado em 03/06/2016, às 15h31

None
ceinf.jpg

Grupo fez denúncia ao MPE e pretende fazer protesto nesta sexta

Um grupo de pais de alunos do Ceinf (Centro de Educação Infantil) Zacarias Vieira de Andrade, no Bairro Rita Vieira, em Campo Grande, vão realizar um protesto na tarde desta sexta-feira (3), contra a exoneração da diretora do estabelecimento de ensino. Eles desconfiam que a gestora foi retirada do cargo, como forma de retaliação à uma denúncia feita pelo representante dos pais ao MPE (Ministério Público Estadual). 

De acordo com Fábio Luiz Gadda Guimarães, presidente da APM (Associação de Pais e Mestres), as crianças estavam recebendo água com achocolatado, chá, bolachas na merenda e faltava açúcar, leite em pó, entre outros alimentos. Como havia sido firmado em 2015 um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) entre a Prefeitura e o MPE para que o Município parasse de fornecer bolacha e chá mate como lanche nos Ceinfs (Centros de Educação Infantil) e reformulasse o cardápio com itens de maior valor nutricional, um email foi encaminhado ao MPE. 

"Ano passado a Prefeitura firmou um TAC junto ao MPE para melhorar as condições da merenda, mas quebrou, porque não estava enviado alimentação saudável. Cobramos da Semed (Secretaria Municipal de Educação e do MPE, e a providência foi exonerar a diretora. Como se a exoneração fosse dar uma melhor alimentação às crianças", diz Guimarães. 

Conforme Fábio, a denúncia foi encaminhada por email ao MPE na quinta-feira (2), e o órgão encaminhou uma resposta e também, teria entrado em contato com a Semed. "A direção fez de tudo para manter alimentação do Ceinf, mas não depende dela. Nos fazemos bingo, festa junina e eles [Semed] querem que compre com esse dinheiro os alimentos que faltam. Mas isso não vai acontecer, porque esse dinheiro é para consertar parquinho, brinquedos, coisas assim. A alimentação, é uma obrigação da Semed", finaliza.

Exonerações

Ao todo, o Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) trouxe a exoneração de 17 diretores de escola, diretores adjuntos e também, de sete diretores de Ceinfs.

A Prefeitura de Campo Grande foi procurada por email para se pronunciar sobre o caso, mas até o fechamento desta reportagem, não houve manifestação.

Jornal Midiamax