Cotidiano

Onça-parda adulta é atropelada e morta em rodovia de MS

Carcaça será empalhada na Capital

Midiamax Publicado em 14/09/2016, às 19h39

None
unnamed_2.jpg

Carcaça será empalhada na Capital

Uma onça-parda, que teria sido atropelada e morta, na madrugada desta quarta-feira (14), na rodovia MS-384, será empalhada na Capital para trabalhos de Educação Ambiental da PMA (Polícia Militar Ambiental). O acidente ocorreu nas proximidades da ponte sobre o Rio Estrelinha, em Bela Vista, município a 324 quilômetros de Campo Grande.

Os policiais fizeram o recolhimento da carcaça, que era de uma fêmea adulta. A onça-parda que será taxidermizada na Capital será utilizada em trabalhos da polícia no Projeto Florestinha, na Capital e Interior em forma de atrativas de oficinas. 

Além da visitação ao museu de animais e peixes taxidermizados (empalhados), com palestra sobre fauna, pesca, atropelamentos de animais silvestres, tráfico, etc, também é realizado o teatro de fantoches, com peças envolvendo vários temas ambientais. 

ONÇA PARDA

A onça-parda, puma, ou suçuarana é encontrada em todas as Américas, desde o Canadá, ao extremo sul da América do Sul. Vive em torno de 15 anos e em alguns locais pode atingir até 100 quilos. É um animal solitário e prefere viver em lugares de difícil acesso, florestas, desertos e montanhas. Geralmente caça ao entardecer. 

Jornal Midiamax