Cotidiano

Não se engane: confira os preços de Campo Grande antes da ‘Black Friday’

Procon fez levantamento para orientar consumidores

Wendy Tonhati Publicado em 22/11/2016, às 13h13

None
blkf.jpeg

Procon fez levantamento para orientar consumidores

Nos últimos anos, a ‘Black Friday’, o dia de descontos no varejo dos Estados Unidos, foi importado para o Brasil e se tornou tradição. O problema é que algumas empresas aproveitam para fazer o consumidor cair em uma pegadinha, anunciando descontos que, na verdade, não existem. Com a prática, a data acabou apelidada de ‘Black Fraude’. 

Para evitar que o consumidor seja enganado, o Procon MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato Grosso do Sul) realizou uma pesquisa com o preço real de 25 produtos da chamada linha branca, eletrônicos e eletro portáteis mais vendidos, como celulares smartphones para que o consumidor compare e verifique se o desconto anunciado durante a Black Friday é real.

A ação de segurança está sendo realizada pelos Procons de todo o país, que fazem recomendações para garantir boas compras no dia 25 de novembro.

Pesquisa Black Friday – Cotação – Lojas físicas
Pesquisa Black Friday – Cotação – Ecommerce

Pesquisa Black Friday – Cotação – Preços médios

Os preços dos produtos foram conferidos pelos técnicos do Procon, no período de 24 a 27 de outubro. Foram pesquisados itens de 12 lojas físicas de Campo Grande e 10 estabelecimentos de e-commerce.

Conforme a Superintendente do Procon MS, Rosimeire Cecília da Costa, entre as recomendações para não cair na ‘Black Fraude’ estão a pesquisa de preço do produto que pretende adquirir e as condições de pagamento disponibilizadas pelos diversos fornecedores. No caso das compras online, é importante printar telas e todas as comunicações realizadas com o fornecedor.

Ainda com relação às compras online, Rosimeire alerta quanto à importância de verificar a segurança do site, se o endereço apresenta o protocolo https, verificado na barra do navegador e uso de certificados. 

Caso o consumidor tenha reclamações ou dificuldades, pode acionar o Procon/MS pelo Disque Denúncia 151 ou pessoalmente na Rua 13 de junho, 930, centro, em Campo Grande. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas.

Jornal Midiamax