Mesmo com passagens mais caras, 30 mil devem viajar neste feriado

Viajantes reclamam de reajuste de valores
| 24/03/2016
- 17:48
Mesmo com passagens mais caras, 30 mil devem viajar neste feriado

Viajantes reclamam de reajuste de valores

Nem o reajuste recente no preço das passagens deve diminuir o movimento no Terminal Rodoviário de Campo Grande Senador Antônio Mendes Canale, localizado na região sul da Capital. Por conta do feriado prolongado da Sexta-feira Santa a expectativa é de que entre esta quinta-feira (24) e a próxima segunda-feira (28), 30 mil passageiros embarquem e desembarquem na rodoviária.

Nesta manhã, a coordenadora pedagógica Luciana Costa, de 38 anos, que segue para Dourados com o filho de 11 anos, reclamou do preço da passagem.“Aproveito os feriados para rever a família e amigos que moram lá. Ficarei até no domingo e volto para trabalhar na segunda-feira. Achei o preço da passagem muito caro está R$ 61,00”, critica.

A estudante Franciele Espíndola, de 17 anos, que mora com a mãe na Capital com a mãe e segue para o mesmo destino a fim de visitar as irmãs que não vê há seis meses, também reclamou do preço da passagem.

“Estou com muita saudade delas. Vou aproveitar esse feriado para rever a família e descansar. Não viajo para lá há seis meses e achei a passagem muito cara”, declara.

Entre hoje e amanhã sete mil pessoas devem embarcar no Terminal Rodoviário da Capital - Luiz Alberto/Midiamax

Recentemente a Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos) aprovou os percentuais de reajuste para as tarifas praticadas no Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros do Estado de Mato Grosso do Sul.

O reajuste foi de 10,36% para as modalidades de linhas regionais, estruturais e serviços locais, e de 13,60% para as Linhas regionais com características de transporte urbano, o que não deve ser impedimento para quem pretende aproveitar o feriado. 

Aquidauna, Corumbá e Ponta Porã são destinos mais procurados no Estado - Luiz Alberto/Midiamax

De acordo com a assessoria de comunicação da CTRCG (Concessionária do Terminal Rodoviário de Campo Grande) Aquidauana, Corumbá e Ponta Porã são os três destinos mais procurados em Mato Grosso do Sul. Fora do Estado, Cuiabá (MT) é o principal destino dos passageiros.

Reforço –

Apesar do preço da passagem mais caro, entre hoje e esta sexta-feira (25), a expectativa é de que mais de sete mil pessoas embarquem na rodoviária da Capital. A assessoria de comunicação afirma que para atender a demanda será necessário reforçar o quadro de funcionários das áreas de operação, limpeza, manutenção e segurança.

Quandro de funcionário da rodoviária será reforçado para atender demanda - Luiz Alberto/Midiamax

Quem pretender viajar de ônibus neste feriado deve adquirir as passagens com antecedência. Conforme a orientação, os passageiros devem chegar ao terminal rodoviário com uma hora de antecedência e identificar as bagagens com nome e telefone de contato.

Menores de 12 anos devem estar com documentos e se não estiverem com os pais, precisarão de autorização reconhecida em cartório - Luiz Alberto/Midiamax

A assessoria de comunicação da CTRCG faz um alerta quanto ao cuidado com as crianças e destaca a importância de portar documentos de todos os passageiros. Conforme a orientação, menores de 12 anos podem viajar desde que estejam com documentos de identificação e acompanhadas dos pais, responsáveis legais, irmãos com mais de 18 anos, avós, tios de primeiro grau, caso contrário necessitam de autorização escrita, assinada pelo pai, mãe ou responsável. O documento deve ser reconhecido em cartório.  

Veja também

Anatel ampliou o prazo para ativação da nova tecnologia para mais 60 dias

Últimas notícias