Cotidiano

Mato Grosso do Sul tem má avaliação no Ideb, índice que classifica educação básica

Média geral foi de 5,5; apenas três estados atingiram meta

Norberto Liberator Publicado em 08/09/2016, às 15h28

None
escola.jpg

Média geral foi de 5,5; apenas três estados atingiram meta

As notas do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), que avalia o rendimento da educação escolar no Brasil, foi divulgada nesta quinta-feira (8) e a maioria das redes de ensino foi reprovada. Apenas as redes estaduais de Amazonas, Pernambuco e Goiás atingiram as metas. Mato Grosso do Sul teve média geral de 5,5 e notas menores em relação à pesquisa anterior.

No ensino privado, os alunos da 4ª série/5º ano tiveram a melhor nota de todas no estado: 6,8; no entanto, houve queda em relação à última avaliação, em 2013, quando a média foi 7.

Os estudantes de 8ª série/9º ano tiveram rendimento de 6, sendo que em 2013 a nota foi 6,4.

No 3º ano do ensino médio, também houve queda: na pesquisa anterior, a nota foi 5,4; este ano, foi 5,6.

Na rede estadual, os estudantes da 4ª série/5º ano foram avaliados com média de 5,1, enquanto em 2013 a nota foi 5,4.

Na 8ª série/9º ano, o rendimento foi de apenas 3,7, que representa uma queda na já baixa avaliação anterior, em que os alunos alcançaram 4,1.

No 3º ano do ensino médio, o pior resultado: 3,4, que também é menor do que a pesquisa de 2013, quando a nota foi 3,5.

A rede municipal de Campo Grande manteve a média entre os alunos de 4ª série/5º ano: 5,4, a mesma de 2013. Já os de 8ª série/9º ano também caíram: de 5, o rendimento foi para 4,7.

Jornal Midiamax