Cotidiano

Justiça determina reintegração de posse e alunos desocupam prédio da UFGD

Universitários protestam contra propostas do governo federal

Midiamax Publicado em 19/11/2016, às 11h47

None
14993481_1834052826879169_490139555935467099_n.jpg

Universitários protestam contra propostas do governo federal

Após 9 dias de ocupação, alunos da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) deixaram o prédio da instituição. Nesta sexta-feira, a justiça federal  acatou o pedido da AGU (Advocacia-Geral da União) e concedeu a reintegração de posse da reitoria.

Em nota, o movimento estudantil informou que a decisão de desocupar a reitoria foi tomada em assembleia, na tarde de ontem, e por unanimidade, os estudantes decidiram deixar o prédio antes do deferimento da reintegração de posse proposta pela Advocacia Geral da União. A desocupação foi pacífica.

O movimento garante que não houve dano ao patrimônio público, e destacaram que irão “organizar todo o espaço da unidade 1, garantindo que toda a estrutura esteja exatamente igual, e  até melhor ao que estava antes”.

Os estudantes iniciaram a ocupação no dia 9 de novembro, em protesto contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, do governo federal, que limita por 20 anos os gastos públicos. Os estudantes defendem que a proposta vai reduzir, de forma significativa, a médio e longo prazo, os recursos destinado à educação.

A medida foi aprovada em dois turnos na Câmara dos Deputados e agora tramita no Senado. A chamada PEC do Teto é a principal aposta do governo para superar a atual crise econômica.

Jornal Midiamax