Cotidiano

Governo reajusta em 4,34% valor de pedágio da ponte sobre o Rio Paraguai

Reajuste passa a valer em 2017

Joaquim Padilha Publicado em 21/12/2016, às 14h20

None
rioparaguai.jpg

Reajuste passa a valer em 2017

A Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura) publicou nesta quarta-feira (21) um resolução reajustando os valores do pedágio da ponte do Rio Paraguai, na BR-262, que liga os municípios de Miranda e Corumbá. Os novos valores passam a valer a partir do próximo ano, em 1º de janeiro. 

Com um reajuste de 4,34%, o valor base da tabela de pedágios aumentou de R$ 9,20 para R$ 9,60. O custo do pedágio a ser pago por cada tipo de veículo varia de acordo com um multiplicador desse valor base.

Os veículos com pedágio ao custo mais baixo são as motocicletas. Motociclistas poderão atravessar o Rio Paraguai por um pedágio de R$ 5,80 em 2017. Já os condutores de veículos pesados, como carretas, terão de pagar até R$ 96,00 nos casos dos carros com dez eixos.

Apenas veículos de propriedade da União, ou dos governos estaduais e municipais, terão isenção da cobrança da taxa. Quaisquer outros que tentarem fazer a travessia da ponte serão cobrados.

A resolução foi assinada pelo secretario de Estado de Infraestrutura, Ednei Marcelo Miglioli. Confira os valores a serem pagos por cada tipo de veículo na tabela abaixo:

Jornal Midiamax