Cotidiano

Fetems desmente salário divulgado em campanha publicitária de Bernal

Informe da Prefeitura anunciou salário de mais de R$ 5 mil

Midiamax Publicado em 09/03/2016, às 16h18

None
fetems.jpg

Informe da Prefeitura anunciou salário de mais de R$ 5 mil

Em nota e VÍDEO divulgados na manhã desta quarta-feira (9), a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) desmentiu informe publicitário do prefeito Alcides Bernal (PP) sobre o piso salarial pago aos professores da Remes (Rede Municipal de Ensino) de Campo Grande. 

Segundo as informações, o chefe do Executivo municipal teria divulgado em informe publicitário, apresentado em canais de televisão, que o piso salarial dos professores é de R$ 5.092,00, enquanto o valor pago à categoria é de R$ 1.697,37 para 20 horas semanais. 

Em nota a Fetems também destaca a exigência do cumprimento da Lei nº 5.411, que determina a implantação do piso para 20 horas. "Queremos que o prefeito Alcides Bernal Honre com seus compromissos, isso inclui reabrir as negociações com a ACP [Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação Básica]", destaca.

A Fetems ressalta ainda as demissões feitas na administração de Bernal. "Temos acompanhado um cenário na Rede Municipal de Campo Grande que muito nos preocupa, uma situação alarmante que vai desde demissões em massa, a falta de material didático e condições adequadas de trabalho e agora essa situação em que a Prefeitura Municipal mente descaradamente, através de informe publicitário, o valor do Piso Salarial dos professores", frisa.

Além da nota, a Federação divulgou um vídeo no qual Bernal fez promessas para a categoria. "Sei o sofrimento pelo qual passa os professores. Sofre não só pelo desrespeito ao seu direito de receber um salário justo, im salário que já está previsto em lei. eu vou respeitar, vou ouvi-los, vou fazer com que o pisto seja respeitado. Eu vou cumprir esse compromisso", prometeu o prefeito em campanha.

Jornal Midiamax