Cotidiano

Energisa só conclui na fatura de setembro ressarcimento da taxa de iluminação

Data do faturamento manteve a taxa em algumas contas

Ana Paula Chuva Publicado em 31/08/2016, às 20h11

None
img-20160725-wa0024.jpg

Data do faturamento manteve a taxa em algumas contas

Os clientes que receberam cobrança da taxa de iluminação pública nas contas de energia elétrica e ainda não receberam a devolução do valor, serão ressarcidos até as faturas de setembro, com vencimento no mês de outubro.

De acordo com a Energisa, em razão ao ciclo do mês em que aconteceu a leitura e o faturamento da unidade consumidora, algumas faturas ainda foram emitidas com a Cosip (Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública), e o ressarcimento acontecerá, com prazo máximo, até as contas de setembro, que tem o vencimento para o mês de outubro.

Suspensão

A Cosip está suspensa por 180 dias, desde o dia 25 de julho, após aprovação da Câmara Municipal.

A prefeitura entrou com pedido para retorno da cobrança que foi indeferido nesta quarta-feira (31), pelos desembargadores do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), após três remarcações do julgamento, sendo mantida a suspensão por 6 meses.

Casos

Nesta terça-feira (30) a equipe de reportagem do Jornal Midiamax, recebeu uma denúncia de um leitor informando que teria recebido a cobrança e não teria sido ressarcido.

A Energisa, informou que a cobrança permaneceu nas contas de clientes e ressaltou aos que tiveram problemas e dúvidas quanto ao ressarcimento devem entrar em contato com a concessionária pelo telefone: 0800 722 7272.

Jornal Midiamax