Cotidiano

“É estruturalmente impossível” alega construtora sobre erro de encanamento

Moradora acredita pagar conta de três

Tatiana Marin Publicado em 11/08/2016, às 20h57

None
Gráfico de atendimentos realizados em julho

Moradora acredita pagar conta de três

A VBC Engenharia, construtura responsável pelo Residencial José de Alencar, no Jardim Monte Alegre se manifestou sobre o caso ocorrido no condomínio na última segunda-feira, 8, alegando que o fato relatado pelos moradores é estruturalmente impossível de acontecer. Segundo Orestes Jorge Corrêa, diretor técnico da empreiteira, o que existe lá é uma inversão de hidrômetros. “Nós fizemos mais de mil e quinhentas ligações de água nos empreendimentos que entregamos e, como dependemos de mão de obra, aconteceram algumas inversões”, afirma Orestes.

A moradora Graciela Cristina Anastácio, dona de casa de 29 anos, ficou sem água no banheiro de seu apartamento por três dias, depois que sua vizinha, a professora Cíntia Elisabete Ribeiro Rocha, de 30 anos, viajou e fechou o registro. No momento em que a equipe de manutenção estava no local fazendo o reparo, moradores afirmaram que outros apartamentos também tiveram a água do banheiro cortadas. O diretor técnico acredita que foram informações distorcidas e falta de conhecimento técnico que levaram os moradores a fazerem tais afirmações.

A construtora alegou que foi informada do problema apenas na segunda-feira de manhã, pela própria Graciela e enviou a equipe em caráter de urgência. A dona de casa disse que havia informado o fato apenas ao síndico, porém, segundo Camila Buzaneli, responsável pelos agendamentos de serviços da VBC Engenharia, diz que é o próprio morador que deve entrar em contato com a empresa e não recebeu notificação do síndico. “Não é responsabilidade do síndico resolver problemas dentro dos apartamento, apenas de área comum”, afirma Camila.

Graciela afirmou que o síndico instruiu os moradores a se reportarem a ele quando houver qualquer tipo de problema. No momento em que a reportagem do Jornal Midiamax estava no local o síndico estava presente, mas não quis se identificar ou dar declarações.

A construtora reiterou o compromisso de atender à todos os problemas cobertos pela garantia e afirmou que, após tomar conhecimentos dos fatos, procederá com uma verificação em todos os apartamentos que ainda não sofreram intervenção. Orestes afirmou também que a empresa ressarcirá o prejuízo que qualquer morador tenha sofrido.

Jornal Midiamax