Cotidiano

#debatemidiamax: Athayde Nery alfineta e diz que Capital precisa de gestão eficiente

Candidato falou de transparência e moradia

Midiamax Publicado em 17/09/2016, às 17h50

None
athayde.jpg

Candidato falou de transparência e moradia

Athayde Nery (PPS), candidato a prefeito de Campo Grande nas eleições de 2016, alfinetou o atual gestor, Alcides Bernal (PP), ao dizer durante as considerações finais do debate realizado pelo Jornal Midiamax, na noite dessa sexta-feira (16), no auditório do Crea-MS (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso do Sul), que a Capital precisa de um "novo modelo de gestão eficiente".

"O que está em jogo é um modelo ultrapassado, carcomido que acaba distanciando a população da gestão e a gente tem esses pilares de transparência, eficiência, rapidez e participação. Esse é o desafio", declarou.

No primeiro bloco, Athayde destacou que a política  está começando do zero e que é necessário que todos acompanhem esta fase de renovação.

“Estamos aqui para construir este novo modelo diferenciado. O Brasil está sendo passado a limpo, pois surgiu um modelo político que exige mais transparência e eficiência, diferente de como acontecia nas décadas passadas”, observou.

No sorteio realizado durante o debate, o candidato teve de responder às perguntas do adversário Adalton Garcia (PRTB) sobre habitação. Em resposta Athayde destacou a importância de projetos que ofereçam condições de moradia digna. 

“A população não deve ser abrigada em aglomerados humanos. Precisa sim de moradias dignas, com casas em conjuntos perto dos equipamentos públicos e não deixadas em locais sem nenhuma infraestrutura”, respondeu. 

Assista ao VÍDEO completo sobre as considerações finais do candidato.

Debate Midiamax –

O debate do Jornal Midiamax do 1º turno das eleições municipais de 2016, aconteceu ontem, reuniu 11 candidatos a prefeito de Campo Grande e durou pouco mais de duas horas. A #debatemidiax chegou a ficar no Trending Topics do Twitter no país. 

Participaram do debate os candidatos que compareceram ou enviaram representantes ao chamamento para realização do evento, Adalton Garcia (PRTB), Alcides Bernal (PP), Alex do PT, Aroldo Figueiró (PTN), Athayde Nery (PPS), Coronel David (PSC), Elizeu Amarilha (PSDC), Marcelo Bluma (PV), Marquinhos Trad (PSD), Rose Modesto (PSDB) e Suél Ferranti (PSTU). Ficaram de fora por não enviar representantes à reunião, Pedro Pedrossian Filho (PMB), Rosana Santos (PSOL), Flávio Arce (PCO) e Lauro Davi (PROS).

Jornal Midiamax