Cotidiano

Contra Aedes, Prefeitura vistoria 12,5 mil imóveis e retira 104 caçambas de lixo

305 casas estavam em situação de risco

Kemila Pellin Publicado em 07/03/2016, às 19h54

None
download.jpg

305 casas estavam em situação de risco

Entre os dias 9 de janeiro e 8 de fevereiro a Prefeitura de Campo Grande aderiu ao movimento nacional contra o Aedes aegypti e conseguiu vistoria 12.572 imóveis. Também foram retiradas 104 caçambas de lixo e eliminados 305 focos do mosquito em quatro bairros. No Estado foram 1.058.548 vistoriais em 70 municípios.Contra Aedes, Prefeitura vistoria 12,5 mil imóveis e retira 104 caçambas de lixo

O Bairro Aero Rancho foi o que demandou mais trabalho das equipes. Foram 5.502 imóveis, vistoriados entre os dias 6 e 8 de fevereiro, 35 caçambas de lixo retiradas, 182 terrenos baldios limpos e 22 imóveis em situação de risco. Em segundo lugar, o Zé Pereira registrou 3.080 vistorias. Também foram retiradas 26 caçambas de lixo de locais críticos, vistoriados oito imóveis em situação de risco, eliminados 191 focos do mosquito e 111 terrenos baldios passaram por limpeza. O bairro foi o primeiro a receber o mutirão, nos dias 16 e 17 de janeiro.

Nos dias 23 e 24 do mesmo mês, a Força Tarefa agiu na região do Bairro Lajeado, com a vistoria de 2.370 imóveis, a retirada de 31 caçambas de lixo dos locais críticos, vistoriados seis imóveis em situação de risco e eliminados 78 focos do mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika.

O último bairro vistoriado em janeiro foi Bairro Nova Lima. Na região foram 1.620 imóveis vistoriados, 12 caçambas de lixo retiradas, oito imóveis vistoriados, eliminados 36 focos do mosquito e limpos 2112 terrenos baldios. 

As ações foram realizadas pela Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), em conjunto com o Exército e Força Aérea Brasileira.

Jornal Midiamax