Cotidiano

Conselho diz que total de vacinas contra gripe A previsto só chega a MS semana que vem

No Dia D unidades ficaram sem vacina

Midiamax Publicado em 04/05/2016, às 16h31

None
vacina-h1n1.jpg

No Dia D unidades ficaram sem vacina

O COSEMS/MS (Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Mato Grosso do Sul) informou nesta quarta-feira (04) por meio de nota que o Ministério da Saúde enviou apenas 50% do estoque necessário da vacina contra Gripe H1N1 para o Dia D, e que até semana que vem deve chegar o estoque total. No último sábado (30), dia D de Vacinação contra a Gripe, várias unidades ficaram sem a dose da vacina.

Em nota, o COSEMS explicou que a falta de vacinas no Dia Nacional de Vacinação contra a Gripe (H1N1) – Dia D se deu por desabastecimento nacional. “A escassez da vacina é um enorme problema de saúde pública e desvirtua as orientações técnicas do seu uso e uma grande falta de respeito aos usuários considerados elegíveis dentro desta política pública de saúde”, cita.

Conselho diz que total de vacinas contra gripe A previsto só chega a MS semana que vemEm Mato Grosso do Sul, o público-alvo corresponde a 667.922 pessoas, e a meta de imunização é 80%. De acordo com superintendente geral de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde, Ângela Lopes, nesta semana chegam outros 30% da dose e na próxima semana os restantes 20%. A campanha segue até o dia 20 deste mês.

O presidente do Conselho, Frederico Marcondes Neto, ainda reforçou que: “além da vacinação, a população deve adotar medidas de prevenção para evitar a infecção por gripe. Medidas de higiene, como lavar sempre as mãos e evitar locais com aglomeração de pessoas que facilitam a transmissão de doenças respiratórias, cobrir a boca com o braço ao tossir ou espirrar, utilizar álcool gel nas mãos e, caso julgue necessário, utilizar máscara de proteção”.

Jornal Midiamax