Cotidiano

Chefe de Gabinete pede silêncio para manifestantes, pois prefeito está abalado

Comissão aguarda para ser recebida pelo prefeito

Clayton Neves Publicado em 05/05/2016, às 13h45

None
m_-_05.jpg

Comissão aguarda para ser recebida pelo prefeito

O chefe de gabinete do prefeito Alcides Bernal (PP), Odilon Marcon, pediu aos professores da Reme (Reme Municipal de Ensino), que seguem com agenda de protestos, para conseguir reajuste salarial, que evitassem se manifestar nesta quinta-feira (5). O pedido seria porque o prefeito estaria abalado após as declarações do vereador Roberto Santos Durães (PSC), que disse “conhecer muito bem, ainda mais no silêncio dos edredons” a mãe de Bernal.

A fala causou revolta entre testemunhas que o viram dizer o absurdo em plena sessão parlamentar. Ele usou a expressão em tom depreciativo, insinuando que tentava colocar em dúvida a conduta de uma mulher por supostamente ter tido um relacionamento. Após o episódio Bernal não teria ficado bem e pediu compreensão dos manifestantes.

Os professores seguem em agenda de protesto e nesta manhã, por volta das 8 horas, chegaram ao paço Municipal para mais uma vez mostrar a insatisfação com a proposta ofertada para a categoria, de 2,79% de reajuste.

Com o pedido do prefeito, os cerca de 200 professores acalmaram os ânimos e até participaram de uma homenagem que estava sendo realizada no Paço Municipal, para o Dia das Mães. Junto com a banda do Instituto Mirim eles cantaram e participaram do evento.

Um comissão está dentro da Prefeitura aguardando ser recebida pelo prefeito.

Jornal Midiamax