Cotidiano

Capital tem 255 casos de dengue por dia e 4 mortes nos primeiros meses do ano

Pedro morreu no dia 24 de fevereiro no HU

Kemila Pellin Publicado em 01/03/2016, às 16h54

None
11150834_478944828924398_3761317487462154209_n.jpg

Pedro morreu no dia 24 de fevereiro no HU

Já são 14.564 casos suspeitos de dengue e 4 mortes confirmadas só nos dois primeiros meses do ano em Campo Grande. O último boletim epidemiológico da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) também mostra que até o dia 26 de fevereiro 1.613 notificações de Zika Vírus e 127 de febre chikungunya.

Nesta terça-feira (1º) ainda foi confirmado o 4º óbito por dengue na cidade. Pedro Guilherme Teodoro, de 24 anos, morreu no dia 24 de fevereiro, no HU (Hospital Universitário) Maria Aparecida Pedrossian. O paciente era morador de Coxim e foi transferido com a suspeita de síndrome de Guillain-Barré ou meningite, mas segundo o hospital, após análise dos exames, foi confirmada a morte pelo tipo mais grave da doença.

O primeiro óbito foi no dia 12 de janeiro, da paciente Maria Fernanda Amarilha Pereira, de 8 anos, que estava internada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Vila Almeida.  O segundo caso registrado neste ano foi da jovem  Karolina Ribeiro Soares, de 16 anos, um dia depois. Ela morreu no Hospital Regional.

No dia 17 de fevereiro a estudante Leika Pereira Campos, de 33 anos, morreu também no HR. A ligação com a dengue só foi confirmada oito dias depois, no dia 25.

Há ainda, o óbito de um idoso de 77 anos, morador de Dourados. Ele faleceu no final deste mês. A data exata não foi divulgada. Ao todo, já são 5 mortes por dengue em Mato Grosso do Sul. Em 2015 foram 17 casos confirmados. 

Jornal Midiamax